PUBLICIDADE

FIA defende Ben Sulayem após comentários sexistas: "Não refletem suas crenças"

Mohammed Ben Sulayem se envolveu em mais uma polêmica. Frases sexistas antigas suas foram encontradas em um site e a Federação Internacional de Automobilismo saiu em defesa de seu mandatário

29 jan 2023 - 05h01
Compartilhar
Exibir comentários
FIA saiu em defesa de Mohammed Ben Sulayem
FIA saiu em defesa de Mohammed Ben Sulayem
Foto: Reprodução/FIA / Grande Prêmio

Mohammed Ben Sulayem não para de se envolver em polêmicas. Depois de causar um novo atrito com a Fórmula 1 por conta dos valores da categoria, o presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) teve reveladas mensagens sexistas suas em seu antigo website pelo jornal The Times.

No portal mohammedbensulayem.com, que foi utilizado durante a trajetória de Ben Sulayem como piloto e atualmente foi arquivado, havia uma seção denominada 'likes & dislikes' que incluia um comentário seu afirmando que não gostava de "mulheres que se acham mais espertas que os homens, pois elas na verdade não são".

Relacionadas

Presidente da FIA 'merece impeachment' após briga com Fórmula 1
"Após briga com Fórmula 1, presidente da FIA merece impeachment"
Hamilton x FIA será recorrente na temporada F1 2023, antecipa André Netto

A FIA então saiu em defesa de seu mandatário. A entidade afirmou que a fala antiga "não reflete as crenças" de seu presidente, e ressaltou ações tomadas pelo emiradense durante o último ano voltadas para a promoção da igualdade de gênero.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Mohammed Ben Sulayem se envolveu em polêmica por conta de possível venda da F1
Mohammed Ben Sulayem se envolveu em polêmica por conta de possível venda da F1
Foto: Andrej Isakovic/AFP / Grande Prêmio

"As observações neste site arquivado de 2001 não refletem as crenças do presidente da FIA", disse um porta-voz da FIA. "Ele tem um forte histórico na promoção das mulheres e da igualdade no esporte, pelo qual está feliz em ser julgado. Foi uma parte central de seu manifesto e as ações tomadas neste ano e nos muitos anos em que atuou como vice-presidente de Esportes da FIA provam isso", concluiu o porta-voz.

Ben Sulayem usou a pauta da igualdade de gênero durante sua campanha para presidente. Desde então, ele apontou Natalie Robyn como a primeira diretora-executiva da história da FIA e também colocou Tanya Kutsenko como consultora de igualidade, diversidade e inclusão da entidade. As últimas ações da organização voltadas para a promoção das mulheres no automobilismo incluem a criação do programa Girls on Track e da Comissão de Mulheres no Automobilismo.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

Grande Prêmio
Compartilhar
Publicidade
Publicidade