0

AlphaTauri apresenta AT02 carregado no azul marinho para temporada 2021 da F1

Após mudar tudo na pintura de 2020, a AlphaTauri voltou a ousar em 2021. O carro agora é predominantemente azul marinho, apenas com detalhes em branco

19 fev 2021
05h09
atualizado às 06h41
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
A nova AlphaTauri tem o azul marinho como protagonista
A nova AlphaTauri tem o azul marinho como protagonista
Foto: Reprodução / Grande Prêmio

A AlphaTauri entra no segundo ano de nome novo, após a mudança desde Toro Rosso, em 2020, com alma renovada. Afinal, foi ao pódios nos dois últimos anos e venceu corrida no ano que passou. São resultados que não obtinha desde 2008 e seu ano de Sebastian Vettel. Agora, no fim da parceria com a Honda, quer pelo menos voltar a ter algum gostinho da glória. E foi nessa atmosfera que, na manhã desta sexta-feira (17), a equipe de Faenza lançou o AT02 para a temporada 2021.

O carro nasceu com pintura diferente da vista um ano atrás. A equipe segue apostando no branco e no azul marinho, que formaram um dos layouts mais surpreendentes da temporada 2020, mas com uma redistribuição de cores. O azul virou protagonista, cobrindo toda a metade superior do carro. O branco é visto apenas em detalhes, principalmente na parte inferior.

Em termos de desenho do carro, pouco muda também. O regulamento de 2021 é o mesmo de 2020, significando que os novos bólidos terão raras mudanças. Afinal, os esforços de desenvolvimento estão concentrados em 2022, ano de transformação no regulamento técnico.

A nova AlphaTauri, com pintura diferente (Foto: Reprodução)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Apesar da sétima colocação, a AlphaTauri entrou de vez no pelotão intermediário da Fórmula 1 no ano passou. Pudera, terminou somente 14 pontos atrás da todo-poderosa Ferrari, e contou com Pierre Gasly em forma magnífica. Estas são as bases para mais um ano. O francês passa a ter o estreante Yuki Tsunoda como companheiro de equipe.

"Estou pronto para ser o líder da equipe", afirmou Gasly. "O Yuki é um piloto muito rápido, que vai nos ajudar a levar a equipe adiante. Vamos trabalhar juntos para conseguir isso. Eu acredito de verdade que a temporada passada foi a melhor em termos de como a equipe trabalhou, como se desenvolveu o carro e como andamos no fim de semana. Estou sempre faminto por mais, e tenho certeza de que podemos ter um ótimo 2021", seguiu.

Tsunoda também começa o ano faminto, tanto por aprendizado quanto por resultados. "Eu tive a sorte de passar algum tempo com a AlphaTauri antes da temporada, então já estou construindo vínculos na equipe e aprendendo muito, inclusive com o Pierre, que tem um talento incrível. Meu maior objetivo é aprender rapidamente e entregar resultados o mais rápido possível", destacou.

No AT02, terá seu último carro trabalhado lado a lado com a Honda. A montadora japonesa sai de cena ao fim de 2021 e deixa a propriedade intelectual da complexa unidade de força para a Red Bull, que passa a produzir os próprios motores.

Em entrevista concedida ao jornal italiano 'La Gazzetta dello Sport' dias antes do lançamento, o chefe Franz Tost se mostrou bem otimista e se deixou até falar em, quem sabe, vencer de novo. Por que não?

"Acredito que tenhamos um carro mais rápido neste ano, mas é o cronômetro que vai dizer. Claro que esperamos vencer uma corrida, como fizemos no ano passado, essa sempre é a meta, mas sabemos que não temos condições de ganhar uma corrida normal", disse Tost.

"Em Monza 2020, tínhamos um carro bem rápido e Gasly guiou muito bem, sem cometer um erro sequer, mas tivemos sorte com a punição a Hamilton", lembrou.

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:

"A AlphaTauri era, em 2020, uma equipe de meio de grid, mas que conseguia lutar dignamente com times como McLaren, Renault e Racing Point", afirmou Tost, já refletindo sobre o novo ano. "A meta para 2021 é estar constantemente na frente do pelotão do meio e evoluir no futuro. Para atingir isso, precisamos evitar problemas de confiabilidade e terminar todas as corridas nos pontos. Mas isso só vai acontecer se a gente não cometer erro algum, precisamos estar 100% focados no nosso trabalho, corrida após corrida, dentro e fora da pista, porque nossos adversários são duros. Vamos fazer nosso melhor para garantir um bom espetáculo para os fãs, que espero poder ver em breve, e para todos os nossos parceiros", destacou.

Antes da AlphaTauri, a McLaren fora a primeira equipe a apresentar seu conjunto para 2021. O MCL35M será o primeiro dos ingleses na retomada da histórica parceria com a Mercedes.

O primeiro teste oficial de pista destes carros será na sessão coletiva de pré-temporada, marcada para Sakhir entre os dias 12 e 14 de março. Duas semanas depois, no fim de semana de 28 de março e na mesma pista, o GP do Bahrein abre a temporada.

Grande Prêmio
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade