0

Russell avalia que dificuldades que teve no início da carreira ajudam atualmente com a Williams

7 mai 2019
12h03
  • separator
  • 0
  • comentários

O início da carreira de George Russell na Fórmula 1, não tem sido fácil com os problemas que a Williams está enfrentando. Ambos os carros estão na parte de trás do grid, mas Russell diz que problemas anteriores em sua carreira o ajudam a lidar com os infortúnios constantes.

Russell avalia que dificuldades que teve no início da carreira ajudam atualmente com a Williams
Russell avalia que dificuldades que teve no início da carreira ajudam atualmente com a Williams
Foto: Alexader Nemenov/ AFP / F1Mania

“Sim, você sabe, não é o meu primeiro ano difícil. Eu acho que às vezes se você tem uma carreira tão perfeita, quando você tem uma dificuldade, você não sabe como lidar com isso, enquanto eu tive vários momentos difíceis na minha carreira “, disse Russell ao Motorsport.com.

Apesar de ter vencido títulos consecutivos em 2017 e 2018, Russell precisa voltar aos seus dias de kart para aproveitar experiências difíceis.

"Meu último ano no kart foi muito difícil, eu era de uma equipe (Birel ART), que não estava se apresentando bem na época. Eu vi isso como uma situação ganha-ganha, se eu fizesse isso, ficaria ótimo em mim e se eu não fizesse isso, as pessoas simplesmente culpariam o equipamento. Você pode chamar isso de uma época de construção de caráter”, acrescentou.

A temporada da Fórmula 1 em 2019, tem muitos pilotos novatos que tiveram sucesso em disputas com companheiros de equipe, incluindo Russell. Jack Aitken disse que a Fórmula 2 é a escola perfeita para pilotos jovens que buscam uma carreira na Fórmula 1, e Russell concorda.

O britânico ganhou o título da Fórmula 2 de 2018, e Russell conta com isso para destacar o nível de sua performance.

"Eu acho que o nível de novato atualmente é extremamente alto, e obviamente nestes tempos difíceis para mim, olhando para o que eles estão fazendo, eu não diria que isso me enche de orgulho, mas parece bom para mim. Obviamente, todos nós, eu, Norris e Albon, corremos em máquinas iguais na F2 no ano passado, então se eles estão fazendo um ótimo trabalho, então isso fica bem para mim também", completou.

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX DE PARIS | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 8ª etapa:

ePRIX DE PARIS – Lucas di Grassi fala sobre sua corrida e a sua quarta posição

Fórmula 1 anuncia o Brasil como uma das sedes do "F1 Festival" em 2019

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS:


F1Mania
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade