PUBLICIDADE

Romarinho é ouro e se emociona por avô; Brasil bate melhor desempenho

26 jul 2013 16h59
| atualizado às 18h13
ver comentários
Publicidade
 Jonathan de Souza levou o ouro no arremesso de disco F40
Jonathan de Souza levou o ouro no arremesso de disco F40
Foto: Marcio Rodrigues/MPIX/CPB / Divulgação

Depois de ficar com a prata do arremesso de peso, o alagoano Jonathan Santos faturou nesta sexta-feira o ouro no lançamento de disco na categoria F41, para pessoas de baixa estatura, no Mundial Paralímpico de Atletismo de Lyon. O paratleta, que é conhecido pelo apelido de Romarinho, fez a melhor marca da carreira nesta sexta-feira, lançando em 43s11.

Somente dois atletas participaram da final. O concorrente de Romarinho foi o polonês Bartosz Tyskowski, que tinha ficado com o ouro no arremesso de peso, e desta vez perdeu para o brasileiro na decisão. Romarinho se emocionou com a vitória.

"Treinei muito tempo para esse ouro acontecer. No último arremesso que eu tinha para fazer, eu estava atrás do polonês, em segundo. Eu pensei em tudo o que me falaram e lancei com toda a força para conquistar o ouro e deixar o polonês para trás. Dedico esse título para toda torcida brasileira e em especial ao meu avô que está doente com problema nos rins em Maceió e sei que ele estava torcendo muito por mim", afirmou.

Brasil bate recorde
O Mundial de Lyon chegou ao sétimo e antepenúltimo dia, já suficiente para que o Brasil batesse o melhor desempenho pessoal. Se no Mundial de Christchurch, na Nova Zelândia, em 2011, a equipe brasileira conquistou 12 ouros e 30 medalhas, na edição de 2013 o saldo já está em 14 ouros e 35 medalhas, além do segundo lugar geral, atrás somente da Rússia.

Os ouros conquistados por Romarinho, Alan Fonteles e Lucas Prado definiram a marca para o Brasil, que supera a estabelecida pela comissão técnica. O dia também viu a prata de Felipe Gomes nos 100 m T11 e o bronze de Ariosvaldo da Silva, o Parré, que garantiu a primeira medalha da história do Brasil entre cadeirantes.

*O repórter viajou a convite do Comitê Paralímpico Brasileiro.

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade