PUBLICIDADE
Logo do Athletico Paranaense

Athletico Paranaense

Favoritar Time

Paulo Miranda lança livro sobre gestão e relembra experiências da carreira

Intitulada de "Vestiário ganha jogo", obra conta histórias da carreira do ex-jogador e da experiência como gestor

29 mai 2024 - 10h27
Compartilhar
Exibir comentários

O gestor do Athletico, Paulo Miranda, decidiu colocar em um livro a sua grande trajetória no futebol. A obra teve lançamento em um evento realizado na última segunda-feira (27), na Ligga Arena, e se intitula "Vestiário ganha jogo". Dirigente do Furacão desde 2018, o profissional conta com mais de 30 anos dedicados ao esporte, entre experiências dentro e fora de campo.

O evento de lançamento contou com a participação de torcedores, convidados, jogadores e profissionais do Athletico. O livro está à venda na loja física do Furacão, por R$ 64,90, e estará disponível em breve na loja online do clube. Na obra, Paulo Miranda conta histórias da sua carreira como atleta profissional e traz visões da gestão esportiva. Em campo, ele defendeu importantes clubes do futebol brasileiro e do exterior.

"Vivi muitas coisas, trabalhei com figuras importantes ao longo da minha carreira. A ideia é contar essa trajetória, histórias do futebol, e também sobre gestão de pessoas no futebol. Sinceridade, verdade, olho no olho, ter coração e humildade nas vitórias. Ganhar título é muito bom, mas o futebol é muito dinâmico e você precisa manter os pés no chão. Esse é o segredo", afirmou Paulo Miranda.

Início no Athletico e outras histórias

Natural de São Paulo, Paulo Miranda começou a sua carreira no Paraná Clube, no início da década de 90. Além do Tricolor, o ex-jogador também defendeu Athletico e Vasco, Bordeaux, Cruzeiro e Flamengo. Como gestor, ele participou das conquistas do bicampeonato da Sul-americana, em 2018 e 2021, e da Copa do Brasil, de 2019. História contada desde o início em seu livro.

"Entre 2015 e 2016 fui convidado para fazer um estágio no Athletico e fiquei como auxiliar técnico na base. Na sequência fui auxiliar do Tiago Nunes, e o presidente Petraglia teve essa ideia, de me transformar no cara do vestiário, o elo entre jogadores, comissão técnica e diretoria. Foi um período importante, de conquistas, estive muito próximo ao Tiago e consegui ajudar", lembrou o dirigente.

Paulo Miranda ao lado de Mário Celso Petraglia.
Paulo Miranda ao lado de Mário Celso Petraglia.
Foto: Divulgação/Athletico / Banda B
Banda B
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade