PUBLICIDADE
Logo do Atlético-MG

Atlético-MG

Favoritar Time

Milito explica ausência de Scarpa e analisa derrota: 'Nos ensina muito'

Galo perde o 100% após derrota para o Peñarol, nesta terça-feira, pela Conmenol Libertadores

14 mai 2024 - 23h00
(atualizado em 15/5/2024 às 00h00)
Compartilhar
Exibir comentários
Milito, do Atlético-MG
Milito, do Atlético-MG
Foto: Pedro Souza / Atlético / Esporte News Mundo

Com a derrota na noite desta terça-feira (14), após jogo contra o Peñarol, o Atlético perdeu pela primeira vez no ano na Copa Libertadores, e também no comando de Gabriel Milito, que disputou 13 partidas. E perdeu, também, a primeira colocação geral, o Galo tem 12 pontos e foi ultrapassado pelo Talleres-ARG.

Sobre a derrota, o técnico pontuou, "A partida foi muito difícil. Sabíamos que seria um jogo duro. Eles defenderam muito bem, fecharam todos os caminhos para que pudéssemos atacar com clareza. Jogaram recuados para atuar no contra-ataque. Mas no final, é um jogo. Tem dias que você vai estar mais preciso e alguns dias vai estar menos. Mas acredito ter haver com o rival, que se fechou bem, não nos deu espaços. Essa foi uma grande aprendizagem para o que teremos pela frente. Penso que tanto nas vitórias como nas derrotas, devemos aprender e melhorar. Creio que depois da partida de hoje, vamos tirar boas conclusões de como atacar melhor uma equipe que se fecha muito bem. Muitas equipes vão jogar assim! Não conseguimos nos impor no jogo de hoje, mas nos serve de aprendizagem."

E continuou, "Nos queremos conviver muito mais com vitórias do que com derrotas. Mas as derrotas vão acontecer, não somos uma equipe invencível. Temos muitas coisas boas, mas temos algumas dificuldades também. Os rivais possuem seus pontos fortes e fracos também. Me dói perder! Mas hoje foi bom para tirar algumas conclusões. (…) O Peñarol nos neutralizou muito bem, não nos deixou ter profundidade. E no futebol, se você não tem profundidade, é muito difícil de marcar gol."

Gustavo Scarpa, que marcou 6 gols desde da chegada do técnico, não jogou hoje e o argentino explicou: "O Gustavo Scarpa tem uma semana que não treina. Ele teve um problema dermatológico em um dedo do pé, então não estava em ótimas condições para jogar, ele não estava 100%, porque não treinou durante a semana.  Depois do jogo contra o Rosario Central, até hoje, ele não treinou. Então, não pude contar com ele no jogo"

Já sobre a falta de gols do ídolo Hulk, ele acrescentou "Eu tenho muita confiança no Hulk. Obviamente que ele necessita fazer gols, eu gostaria muito que ele fizesse esses gols. Mas ele começará a marcar esses gols. Jogador como o Hulk, com essa qualidade, aparece nos momentos em que a equipe mais necessita. Eu gostaria de poder ajudá-lo a marcar esses gols. Mas para ele poder marcar, necessitamos que a equipe jogue bem. Se a equipe jogar bem, as oportunidades de gol vão aparecer e assim aumentam as probabilidades dele marcar."

O próximo jogo do time de Gabriel Milito é pelo Campeonato Brasileiro, a equipe enfrenta o Bahia na Arena MRV no domingo (19).

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade