PUBLICIDADE
Logo do

América-RN

Meu time

André Lima marca no fim e Vitória bate o América-RN no Barradão

11 fev 2017 19h21
| atualizado às 23h45
ver comentários
Publicidade

O Vitória sofreu, não fez uma boa partida, mas contou com duas falhas dos jogadores do América-RN para vencer neste sábado e assumir a liderança do Grupo E da Copa Nordeste. Depois de abrir o placar com um gol contra de Maracás, o rubro-negro baiano foi dominado em pleno estádio Barradão e acabou sofrendo o empate. Mas, aos 44 minutos do segundo tempo, o goleiro e o zagueiro da equipe de Natal trombaram de forma incrível e André Lima marcou o gol da vitória: 2 a 1. Com isso, o Leão chega a seis pontos depois de três rodadas e deixa sua vítima com três pontos, assim como Botafogo-PB e Sergipe, que se enfrentam nesse domingo.

O apoio da torcida do Vitória não era tão grande, já que apenas 6.540 pessoas foram ao Barradão neste sábado. Mesmo assim, a equipe do técnico Argel Fucks cumpriu com o dever de todo mandante e partiu para cima do rival assim que soou o apito do árbitro. E na primeira chegada mais perigosa, o rubro-negro baiano abriu o placar.

O centroavante Kieza recebeu passe em profundidade dentro da área, levantou a cabeça e cruzou para trás para servir um companheiro. Antes, porém, Maracás foi tentar cortar e acabou mandando a bola para o fundo do próprio gol.

Cenário perfeito para o Vitória encaminhar sua vitória em casa. Mas, as coisas não aconteceram como Argel e toda a torcida imaginavam. O América-RN encaixou seu jogo, não se abalou com o gol e passou a dominar o confronto ficando mais com a bola e usando uma marcação alta.

Nos últimos dez minutos antes do intervalo, Jean Patrick teve uma chance incrível e empatar e acabou isolando a bola já dentro da área do Vitória. Em seguida, Raul marcou de cabeça, mas a arbitragem assinalou um impedimento no lance.

Nem mesmo o intervalo fez com que o ritmo dos visitantes diminuíssem e logo aos 7 minutos da etapa final, enfim, o América-RN deixou tudo igual. Jean Patrick cobrou falta na área, ninguém alcançou a bola, o goleiro foi enganado e a bola foi direto para o fundo do gol.

A partir daí, o Vitória acordou, principalmente pela cobrança dos poucos, mas enfurecidos torcedores nas arquibancadas. Argel mandou Dátolo, ex-Galo, para o jogo e, logo depois, sacou Cleiton Xavier, ex-Palmeiras. O abafa ficou mais forte até os 44 minutos, quando André Lima aproveitou trombada de Fred com Lucas Bahia para pegar a sobra e marcar o gol do Vitória e da vitória.

Na próxima rodada, o confronto deste sábado se repete, agora na Arena das Dunas, em Natal, dia 25, às 18h45.

Já pelo Grupo D, o Itabaiana não se intimidou no estádio Rei Pelé e bateu o CSA por 2 a 1. A equipe da cada até saiu na frente com Everton Heleno, de pênalti. Mas, em cinco minutos o Itabaiana conseguiu a virada com dois gols de Igor. O primeiro em cobrança de falta e o segundo aproveitando rebote do goleiro Jeferson.

No complemento da terceira rodada do Grupo D, ABC e CRB não saíram do 0 a 0 no estádio Frasqueirão, em Natal. Com isso, o CBR fica com a ponta do grupo até a próxima rodada ao somar cinco pontos. O ABC perdeu a chance de tomar a liderança do rival e vem logo atrás, com quatro pontos, assim como o Itabaiana, que perde no saldo de gols. O CSA é o lanterna com três pontos, mas segue na briga pelas duas vagas que garantem a classificação à próxima fase.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade