PUBLICIDADE

2021 caminha a passos largos para ser o ano mais rentável na indústria das apostas nos Estados Unidos

Recorde histórico no segundo trimestre do ano impulsiona setor, que sonha em ultrapassar arrecadação de 2019

16 set 2021 14h57
ver comentários
Publicidade

A American Gaming Association (AGA) informou que 2021 caminha para ser o ano mais lucrativo para as empresas do ramo de apostas nos Estados Unidos. Apenas no segundo trimestre deste ano - que compreende os meses de abril, maio e junho - foram gerado 13.6 bilhões de dólares (R$ 67.8 milhões), um recorde para o setor, superando o terceiro trimestre de 2019, antes o mais rentável na história.

Las Vegas, capital das apostas nos Estados Unidos (Curimedia)
Las Vegas, capital das apostas nos Estados Unidos (Curimedia)
Foto: Lance!

2021 ruma a passos largos para superar 2019 como o ano que mais gerou dinheiro na indústria de apostas em toda história. Após seis meses de dados financeiros coletados, a AGA informa que foram arrecadados quase 24.8 bilhões de dólares (R$ 129.3 bilhões) em 2021. Em 2019, o ano mais lucrativo até então, foram gerados 43.6 bilhões de dólares (R$ 227.37 bilhões)

E os números devem ter um crescimento exacerbado nos próximos meses, como projeta a própria associação americana. Mais de 45 milhões de americanos vão participar de algum tipo de aposta esportiva durante a temporada da NFL.

Com 32 estados e o Distrito de Columbia com as apostas regularizadas, os Estados Unidos vêem a disparada galopante da arrecadação na indústria de jogos, o que também influencia nos cofres públicos. Apenas em 2020, mais de 7 bilhões de dólares foram gerados em impostos advindos de cassinos nos Estados Unidos.

No Brasil, com a legislação proibindo cassinos e apostas em lojas físicas, os brasileiros direcionam suas atenções para as casas de apostas, como a KTO.com.

Lance!
Publicidade
Publicidade