0

Ted Talk. O novo modo de fazer apresentações

Saiba como fazer apresentações de 18 minutos no formato Ted Talk.

5 out 2017
20h03
atualizado em 6/10/2017 às 15h14
  • separator
  • comentários

Olá, Speaker! Tudo bem?

Você já ouviu falar sobre TEDx ou TED Talks? As TEDs são conferências que mudaram a forma de nos comunicarmos durante uma apresentação em público. São falas curtas, de 18 minutos, e têm como intenção principal a de propagar uma (boa) ideia.

Para nós, Speakers, as TEDs são ótimos exemplos de bons discursos. Nessas conferências, alguns dos maiores oradores do mundo se apresentam, falando sobre os mais diversos assuntos.

Hoje em dia, fazer uma boa apresentação é, sem dúvida, se inspirar nesse modelo TED Talk e é exatamente sobre isso que vamos conversar no nosso texto de hoje. Preparados? Então, vamos lá!

Como fazer um bom TED Talk?

Os idealizadores das conferências TEDx criaram um manual com as regras para fazer um bom TED Talk e disponibilizaram para todos que querem aprimorar sua oratória, seguindo essa nova tendência mundial. Separamos algumas dessas dicas. Confira!

Se familiarize com o formato TED

Já sabemos que o formato TED de apresentações é um grande sucesso em todo o mundo. Então, o primeiro passo para fazer um bom TED Talk é se familiarizar com as especificidades desse modelo de oratória.

A melhor forma para isso é assistir aos videos disponibilizados no site do TED e, assim, conhecer, na prática, a eficácia dessas conferências. Antes de começar a planejar seu TED, tenha em mente que TED Talks duram apenas 18 minutos.

“Livia, mas por que 18 minutos?” Boa pergunta, Speaker! Isso foi pensado porque as pessoas tendem a perder a atenção depois desse tempo. Além disso, segundo os criadores das TEDx, “uma conversa mais curta não é uma conversa menor”. Você pode fazer um discurso inesquecível com poucos minutos!

Foto: TED

Desenvolva uma ideia

Se você quer/precisa fazer um TED Talk, isso significa que você tem uma ideia para propagar, certo? Antes de se apresentar, desenvolva essa ideia da forma mais completa e atrativa possível, ok?

Para isso, o pessoal da TED orienta a refletir e responder três perguntas:

- Minha ideia é nova?

- Minha ideia é interessante?

- Minha ideia é realista?

Se alguma dessas respostas for NÃO, aprimore a sua ideia um pouco mais. Lembre-se, Speaker, uma boa ideia não é apenas uma boa história ou uma lista de fatos. Uma ideia realmente boa é aquela que, baseada em observações contundentes, oferece uma conclusão maior e mais interessante sobre algum tema.

Domine o assunto sobre o qual você quer falar

“Livia, eu preciso ser um especialista no tema do meu TED Talk?” O pessoal das TEDx pensam assim: você não precisa ser o principal especialista do mundo, mas, sim, Speaker, você precisa ser um especialisa.

O que é ser um especialista em algum tema, Speakers? Simples: verifique todos os fatos que você usará como exemplos ou base de dados, desde estatísticas até mesmo anedotas.

Além disso, use pesquisas e fontes confiáveis para colher seus dados. Quando possível, consulte diretamente pessoas que se dedicam a estudar o assunto e tire as dúvidas que você ainda tiver, certo?

Numa TED (assim como qualquer outra apresentação), as pessoas irão se basear em você para colher informações e, assim, tomar suas decisões. Por isso, Speaker, é fundamental ser honesto e falar somente aquilo que você tem absoluta certeza, ok?

Planeje seus slides

Antes de tudo, reflita sobre a real necessidade de usar esse curso, certo, Speaker? Se o seu TED tem muitos números e estatísticas, slides podem ajudar o seu público a entender mais facilmente a sua ideia.

Por outro lado, se o seu TED é uma história pessoal, por exemplo, não existe nenhuma necessidade de usar slides, não é mesmo? Pense o seguinte: enquanto as pessoas estão lendo, elas provavelmente não estarão ouvindo. E a intenção principal de um comunicador numa conferência é justamente ser ouvido, não é mesmo?

Bom, se você decidiu usar slides, faça isso da melhor forma possível. Use imagens ao invés de parágrafos textuais longos, use infográficos e capriche na ortografia. Outra dica importante é sempre usar imagens que você tem permissão para usar e citar todas as fontes. Todos esses cuidados darão maior credibilidade para você e, consequentemente, para a sua ideia.

Ensaie a sua apresentação

“Livia, já tenho toda a minha apresentação preparada mentalmente, é suficiente?” Oras, meu caro Speaker, não é suficiente. Ter a apresentação em mente é ótimo, mas é preciso ensaiar oralmente também.

Treine sua apresentação em voz alta: seja sozinho ou seja para amigos. Se possível, grave você falando e escute depois com atenção, identificando o que está bom e o que ainda pode melhorar.

Essa regra vale para todo tipo de apresentação, mas quando você está se preparando para uma TED, ensaiar várias vezes (e em voz alta) ajuda também a programar o tempo, evitando que você exceda os 18 minutos que tem. Esse preparo faz com que o comunicador aprenda a manejar o tempo e possa falar tudo e da forma como gostaria.

Agora que você já sabe as cinco regras básicas para fazer um bom TED Talk, é só começar a se preparar! Para conhecer mais dicas sobre o assunto, leia também o texto sobre Apresentações TED no nosso blog!

Se precisar de ajuda nesse processo, entre em contato, somos especializados em oratória e ficamos muito felizes em ajudar as pessoas a divulgarem suas ideias.

Falar em público não é nenhum bicho de sete cabeças: com dedicação e orientação das pessoas certas, todos podem ser excelentes comunicadores!

Fonte: https://www.thespeaker.com.br/apresentacoes-ted/

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade