PUBLICIDADE

Uber tenta conquistar táxis pretos de Londres

29 nov 2023 - 11h44
Compartilhar
Exibir comentários

A Uber abrirá sua plataforma para os táxis pretos de Londres no próximo ano, informou a empresa nesta quarta-feira, tentando conquistar os táxis da capital britânica após uma década de tensões.

Os motoristas de táxis pretos de Londres - que precisam passar em um teste chamado "The Knowledge" (O Conhecimento), que exige que eles memorizem milhares de rotas dentro da cidade - há muito tempo estão em desacordo com a Uber, argumentando que ela ameaça seus meios de subsistência.

O novo serviço oferecido pela Uber, que será implementado no início de 2024, permitirá que os motoristas de táxi preto se inscrevam no aplicativo para fazer viagens agendadas. A gigante sediada nos Estados Unidos está oferecendo a eles um acordo sem comissão nos primeiros seis meses.

Mas um grupo que representa a maioria dos motoristas de táxis pretos rejeitou a oferta, dizendo que não havia demanda por parte dos integrantes.

"Não temos interesse em manchar o nome do icônico e mundialmente conhecido comércio de táxis pretos de Londres, alinhando-o com a Uber, seu histórico de segurança ruim e tudo mais que vem com ela", disse Steve McNamara, secretário-geral da Associação de Motoristas de Táxi Licenciados (LTDA).

Os táxis pretos, também conhecidos como Hackney carriages, são os únicos veículos de Londres que podem pegar passageiros na rua ou nos pontos de táxi da cidade. Eles também podem ser reservados por meio de outros aplicativos.

Em Londres, um dos cinco principais mercados da Uber, a empresa quer que os motoristas de táxi se juntem ao seu serviço, como já aconteceu em Paris, Nova York e Roma. A empresa afirma que tanto os passageiros quanto os motoristas de táxi se beneficiam quando estes trabalham com a Uber.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade