0

Protestos de coletes amarelos pesam sobre vendas do grupo Carrefour no 4º tri

22 jan 2019
15h44
  • separator
  • 0
  • comentários

O Carrefour , maior grupo varejista da Europa, afirmou nesta terça-feira que o crescimento de vendas desacelerou no quarto trimestre, pressionado por 10 semanas de protestos de manifestantes chamados de "coletes amarelos", contra o governo francês.

 REUTERS/Eric Gaillard
REUTERS/Eric Gaillard
Foto: Reuters

Em outras partes da Europa, Espanha e Itália continuaram como mercados difíceis para o grupo, em meio a pressões competitivas e condições econômicas desafiadoras. Apesar disso, no Brasil, a empresa afirmou que os resultados continuaram a melhorar.

O grupo informou que a receita no quarto trimestre somou 22,6 bilhões de euros, praticamente em linha com as expectativas do mercado.

O crescimento no conceito mesmas lojas foi de 1,9 por cento ante expansão de 2,1 por cento no trimestre anterior. Na França apenas, as vendas nos hipermercados do grupo caíram 2,2 por cento no período.

A subsidiária brasileira do grupo informou na véspera que as vendas no Brasil no quarto trimestre somaram 15,8 bilhões de reais, crescimento de 10,2 por cento, primeira expansão de dois dígitos desde o último trimestre de 2016. [nL1N1ZL0SO]

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade