0

Preços de petróleo se aproximam de US$64/barril por tensões no Oriente Médio

23 jul 2019
17h37
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O petróleo Brent avançou para quase 64 dólares por barril nesta terça-feira, saltando no final da sessão, depois de o chefe do Comando Central norte-americano declarar que os Estados Unidos podem ter derrubado um segundo drone iraniano no Estreito de Ormuz na semana passada.

 REUTERS/Todd Korol
REUTERS/Todd Korol
Foto: Reuters

As crescentes tensões no Oriente Médio compensaram a perspectiva do Fundo Monetário Internacional (FMI) para um crescimento global mais fraco, que havia mantido os preços estáveis durante a maior parte da sessão desta terça-feira.

A captura de um navio-tanque britânico pelo Irã na última semana acendeu temores a respeito de interrupções de oferta no Estreito de Ormuz, pelo qual flui cerca de um quinto do petróleo mundial. Os EUA afirmaram que um navio de sua Marinha "destruiu" um drone no local após ameaças à embarcação, mas o Irã disse não possuir informações quanto à perda de um drone.

"Estamos confiantes de que abatemos um drone, e podemos ter abatido também um segundo", disse o general norte-americano Kenneth McKenzie em entrevista à CBS News.

O petróleo Brent fechou em alta de 0,57 dólar, quase 1%, a 63,35 dólares por barril, enquanto o petróleo dos EUA avançou 0,55 dólar, cerca de 1%, fechando a 56,43 dólares o barril.

"O mercado de petróleo fica nervoso quando há um evento no Golfo Pérsico que envolva o abate de um equipamento", disse Andy Lipow, presidente da Lipow Oil Associates. "Isso eleva a ansiedade do mercado de que as tensões estejam aumentando, e eleva os temores de uma interrupção significativa de oferta."

Veja também:

BC corta Selic para 3% ao ano
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade