PUBLICIDADE

Preço médio da gasolina nos postos sobe na 1º quinzena de maio; etanol também avança

17 mai 2021 20h26
| atualizado às 20h35
ver comentários
Publicidade

O preço médio da gasolina nos postos de combustíveis do Brasil avançou na primeira quinzena de maio ante o final de abril, revertendo tendência de estabilização vista no mês anterior, indicaram pesquisas publicadas nesta segunda-feira por duas companhias de gestão de frotas do país.

Posto de combustíveis no Rio de Janeiro (RJ) 
10/03/2021
REUTERS/Pilar Olivares
Posto de combustíveis no Rio de Janeiro (RJ) 10/03/2021 REUTERS/Pilar Olivares
Foto: Reuters

Segundo a ValeCard, cujo levantamento é baseado em abastecimentos realizados com seu cartão em cerca de 25 mil postos, o valor do combustível subiu 0,91% no período, atingindo média de 5,789 reais por litro.

"Depois de ensaiar uma estabilização no último mês, o valor cobrado nos postos nesta primeira quinzena subiu... As maiores altas foram registradas no Amapá (8,71%) e Piauí (3,51%)", disse a companhia em nota.

Já a Ticket Log, marca de gestão de frotas da Edenred Brasil, também apurou em sua pesquisa aumento no preço da gasolina na quinzena, indicando uma alta de 0,85%, para 5,747 reais/litro, conforme abastecimentos de 1 milhão de veículos em 18 mil postos.

Ainda segundo o índice de preços da companhia, a gasolina já havia iniciado o mês 43,5% mais cara do que em maio do ano passado. A Ticket Log destacou que o combustível engatou dez altas mensais consecutivas até março, quando apurou uma queda.

"Todas as regiões voltaram a registrar aumentos nos preços no início de maio", disse a marca em nota.

ETANOL

O levantamento da Ticket Log apontou ainda que o preço médio do etanol, concorrente direto da gasolina nas bombas, avançou 2,55% na primeira quinzena do mês, a 4,681 reais por litro.

Assim como a gasolina, o valor do biocombustível voltou a subir após queda no mês anterior, quando havia interrompido uma sequência de dez meses de alta, disse a companhia.

A cotação do produto também avançou em todas as regiões, com destaque para uma alta de 5,13% no Sudeste, acrescentou a Ticket Log.

A ValeCard, por sua vez, afirmou que apenas em dois Estados do país, São Paulo e Mato Grosso, ainda é vantajoso abastecer com etanol -- o biocombustível se tornar uma opção mais atrativa em termos econômicos quando custa 70% (ou menos) do que o litro da gasolina.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade