1 evento ao vivo

Precisamos de empreendedores que ajudem o país, diz ministro

Ministro da Ciência e Tecnologia e Comunicações (MCTIC) palestrou nesta sexta-feira, 15, na Campus Party Brasil

15 fev 2019
17h22
atualizado às 17h51
  • separator
  • 0
  • comentários

O ministro da Ciência e Tecnologia e Comunicações (MCTIC), Marcos Pontes, incentivou os jovens presentes na 12ª Campus Party Brasil a criarem startups e ajudar o País a ingressar em era regida pelas novas tecnologias. Durante os 10 minutos da palestra Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento do Brasil, apresentada nesta sexta-feira, 15, o ministro contou sobre sua vida e convocou os presentes "a acreditarem em seus sonhos".

Durante a apresentação, Pontes explicou os desafios encontrados no ministério no último mês e defendeu uma aproximação maior com pesquisadores e a academia para solucionar os problemas. Ele não deixou de dizer que há entraves para o incentivo da pesquisa hoje no País. "Precisamos melhorar a infraestrutura dos laboratórios de pesquisa e resolver os problemas das bolsas para os pesquisadores CNPq", disse. "Mas esse primeiro ano de governo é mais difícil, temos recursos escassos e por isso estamos em busca de parceiros do setor privado."

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, durante palestra na Campus Party Brasil 2019, feira de tecnologia que acontece no Expo Center Norte, na zona norte da capital paulista, nesta sexta-feira (15).
O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, durante palestra na Campus Party Brasil 2019, feira de tecnologia que acontece no Expo Center Norte, na zona norte da capital paulista, nesta sexta-feira (15).
Foto: Nilton Fukuda / Estadão

O ministro convocou os jovens presentes a ajudarem o Brasil a ingressar no mercado de novas tecnologias. Ele citou a familiaridade dos campuseiros com assuntos como inteligência artificial e ciência de dados como um diferencial para "desafios" do governo como Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês) e cidades inteligentes.

Empreendedorismo. Pontes também pediu que os jovens invistam tempo e criatividade para fundar suas próprias empresas de tecnologia, movimento classificado pelo ministério como ato de "criar riquezas para o País".

"Precisamos de empreendedores que usem suas criatividades para encontrar soluções que ajudem o Brasil. Queremos startups sustentáveis, que usem os materiais existentes e que privilegiem a reciclagem", disse.

Pontes, que foi o primeiro brasileiro a viajar pelo espaço, terminou a palestra dizendo aos campuseiros que não desistam de seus objetivos. "Não dê ouvido para quem diz que seu sonho não vai ser realizado. O primeiro passo é acreditar em você mesmo. Se eu não tivesse feito isso, não estaria aqui hoje", completou.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade