PUBLICIDADE

Petrobras aumenta preço da gasolina em 7,11% nas refinarias a partir desta terça

O último ajuste da gasolina ocorreu em outubro do ano passado, quando houve redução; preço do gás de cozinha também sofrerá reajuste

8 jul 2024 - 13h25
(atualizado às 20h57)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: José Cruz/Agência Brasil

A Petrobras anunciou que vai aumentar o preço de venda da gasolina para as distribuidoras em 7,11% a partir desta terça-feira, 9. O reajuste do valor do litro do combustível será de R$ 0,20, chegando a R$ 3,01.  De acordo com cálculo da Warren Investimentos, a variação deve refletir em uma alta de 2,50% na bomba para o consumidor.

É a primeira alta desde outubro do ano passado e também o primeiro reajuste feito por Magda Chambriard desde que assumiu a companhia, em 24 de maio. A mestre em Engenharia Química e Civil foi indicada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para o comando da Petrobras, quando Jean Paul Prates foi demitido.

Em outubro, o preço do litro vendido às distribuidoras caiu de R$ 2,93 para R$ 2,81. "Considerando a mistura obrigatória de 73% de gasolina A e 27% de etanol anidro para composição da gasolina C vendida nos postos, a parcela da Petrobras na composição do preço ao consumidor passará a ser de R$ 2,20 litro, uma variação de R$ 0,15 a cada litro de gasolina C".

Para o óleo diesel, no entanto, a companhia não anunciou ajustes nesta segunda-feira, 8. Já o gás de botijão (GLP) também sofrerá reajuste. Em média, o preço de venda para as distribuidoras passará a ser equivalente a R$ 34,70 pelo botijão de 13kg. O aumento é equivalente a R$ 3,10. 

Essa também é a primeira vez que o GLP é reajustado para as distribuidoras neste ano. Os últimos ajustes ocorreram em maio e julho de 2023, em ambos os casos com reduções. O último aumento ocorreu em março de 2022.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade