PUBLICIDADE

5 passos para adquirir um imóvel de leilão com mais tranquilidade

Em agosto, mais de 100 imóveis estarão disponíveis para compra por meio de leilão

11 ago 2021 16h04
ver comentários
Publicidade
Venda de imóvel por leilão
Venda de imóvel por leilão
Foto: Shutterstock / Finanças e Empreendedorismo

O mercado de vendas de imóveis por meio de leilão está aquecido e com oportunidades de compra em todas as regiões do país. Por apresentarem, na maioria dos casos, preços melhores do que da avaliação do imóvel, os leilões são ferramentas que chamam a atenção de quem está em busca de realizar o sonho da casa própria.

A partir do dia 11 de agosto, 120 imóveis do Itaú Unibanco, Rodobens Consórcio, Banco Santander, Tribanco e Banco Inter serão leiloados (veja mais detalhes no final do texto). De acordo com a leiloeira responsável, estes imóveis poderão apresentar valores até 60% melhores do que os da avaliação. Além dos valores mais baixos, eles também terão desconto para pagamento à vista e parcelamento em até 400 vezes. 

Mas será que comprar imóvel em leilão é mesmo uma boa ideia? Para responder essa dúvida, separamos 5 passos importantes e que devem ser seguidos à risca para que o sonho da casa própria não se transforme em um leilão de pesadelos. 

1) Faça uma boa pesquisa de preços

Quando pensamos em imóveis de leilão, pensamos em economia. Já imaginou comprar um apartamento de leilão por R$100 mil e depois encontrar um imóvel semelhante pelo mesmo valor? Um tanto frustrante, não é mesmo?

Para evitar esse tipo de coisa, é essencial que o comprador faça uma boa pesquisa de preço na região em que o imóvel está localizado. Se possível, peça o auxílio de um corretor de imóveis. Só faça o lance no leilão se você tiver certeza que não está comprando gato por lebre.

2) Se possível, visite o local

O intuito desse passo a passo é que você não compre gato por lebre, por isso, ir até o local é outra atitude muito importante para garantir uma compra satisfatória e sem surpresas desagradáveis.

Dê uma olhada na vizinhança, no estado do imóvel ou do prédio em que ele está localizado, pergunte aos comerciantes da região sobre como é viver por ali. Essa pequena "investigação" fará muita diferença.

3) Dê preferência para imóveis desocupados

Muitos imóveis entram para leilão por questão de ausência de pagamento e disputa judicial entre os bancos e os atuais proprietários, por isso, é bem importante que você verifique no edital se o imóvel está vazio ou não.

Afinal, se você está comprando um imóvel que está ocupado e pretende se mudar em breve, é essencial que você busque uma assessoria jurídica para investigar a documentação daquele imóvel e analisar se a desocupação será excessivamente trabalhosa ou não.  Além disso, busque informações com relação aos pagamentos de IPTU e, se for o caso, aos de condomínios também.

Por isso, se possível, dê preferência para imóveis desocupados. Eles te darão uma boa dose de dor de cabeça a menos!

4) Leia atentamente o edital

E por falar em ocupado x desocupado, chegamos ao 4º passo: leia, com muuuuita atenção, o edital de venda do imóvel. É lá que estarão descritas informações sobre a ocupação do imóvel, as formas de pagamento, além de informações mais pontuais como a metragem do lote e as responsabilidades e direitos do comprador. 

Importante: depois de comprar o imóvel, não tem como virar para a leiloeira responsável e dizer que não sabia do estado do imóvel, por isso, é essencial que você investigue TUDO antes de realizar a compra.

5) Está com dinheiro guardado? Então pague à vista!

Por fim, mas não menos importante, o pagamento! Como explicamos acima, é no edital que constam as informações sobre as formas de pagamento, mas em 99,9% dos casos, o pagamento à vista sempre dará alguma vantagem ao comprador.

Então, caro comprador, se você estiver com uma graninha guardada, pronta para investir no seu novo imóvel, o momento de utilizá-la é agora!

Leilão dos 120 imóveis

Os leilões iniciarão no dia 11 de agosto, por meio do site da Biasi Leilões, leiloeira responsável pelos lotes. Para participar de qualquer uma das disputas, é necessário se cadastrar no site https://www.biasileiloes.com.br/ e enviar o lance até a data e o horário marcados para o início do certame desejado. 

Todos os imóveis contam com o edital na página. Nele, constam as informações necessárias para a aquisição.

Finanças e Empreendedorismo
Publicidade
Publicidade