1 evento ao vivo

EXCLUSIVO-Telecom Italia planeja cortar até 1.300 empregos na Itália este ano, dizem fontes

8 mar 2021
12h12
atualizado às 15h48
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A Telecom Italia (TIM) planeja cortar até 1.300 empregos na Itália este ano, disseram duas fontes sindicais nesta segunda-feira, enquanto o maior grupo telefônico daquele país reestrutura seus negócios em meio à crise da Covid-19.

Logo da Telecom Italia fotografado em Milão 
25/05/2016
REUTERS/Stefano Rellandini
Logo da Telecom Italia fotografado em Milão 25/05/2016 REUTERS/Stefano Rellandini
Foto: Reuters

Os potenciais cortes totalizariam cerca de 3% dos 42.600 funcionários da TIM na Itália e serão implementados por meio de um esquema de aposentadoria antecipada. A empresa também está considerando a contratação de novos funcionários para impulsionar uma unidade digital, disseram as fontes.

A TIM informou a representantes sindicais sobre o plano e disse que as demissões serão voluntárias.

A TIM não estava imediatamente disponível para comentar.

A empresa já reduziu seu quadro de funcionários, com mais de 2.500 pessoas saindo do grupo em 2020.

O antigo monopólio de telefonia, cujas receitas em seu principal mercado doméstico caíram 7,7% no ano passado, está buscando expandir suas operações de serviços, desenvolvendo uma unidade de nuvem recém-criada e impulsionando seus negócios de segurança cibernética, streaming de vídeo e Internet das Coisas (IoT).

Sob um plano de três anos revelado no mês passado, o presidente-executivo Luigi Gubitosi disse que o grupo pretende mais do que dobrar as receitas provenientes desses chamados "mercados adjacentes".

Veja também:

Câmera filma quando motociclista é atingido por carro em Maringá
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade