0

Eletrobras encerra plano de demissão consensual com adesão de 1.300 funcionários

4 dez 2019
21h47
  • separator
  • 0
  • comentários

A Eletrobras encerrou seu segundo Plano de Demissão Consensual (PDC) com a adesão de 1.300 empregados, que deverão deixar a estatal até o dia 31 de dezembro. Segundo a companhia, esse número representa 97,6% da meta estabelecida no Acordo Coletivo de Trabalho válido para o período 2019/2020, homologada pelo Tribunal Superior do Trabalho, de ter no máximo 12.500 funcionário em seu quadro até 1º de janeiro de 2020.

A Eletrobras informa que a saída dos funcionários vai proporcionar uma economia estimada de R$ 490 milhões ao ano, com retorno em 18 meses. Para alcançar a meta estabelecida para 1º de maio, de ter 12.088 empregados, serão desligados mais 444 pessoas.

Contato: renato.carvalho@estadao.com

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade