0

Saiba por que você deve esperar a Black Friday para comprar

Consumidor poderá aproveitar o dia 27 de novembro para fazer bons negócios

22 out 2015
09h00
atualizado em 16/11/2015 às 11h45
  • separator
  • 0
  • comentários

Se você está atrás de algum produto, mas a crise econômica fez essa compra ser adiada, pode ser uma boa marcar no calendário o dia 27 de novembro. Data da Black Friday, essa deverá ser a oportunidade para conseguir bons preços no mercado online. Com um ano difícil, os lojistas devem apostar em descontos agressivos de até 80% em relação ao preço original para tentar atrair o cliente.

Vendas na Black Friday podem substituir as de Natal
Vendas na Black Friday podem substituir as de Natal
Foto: Arina P Habich/Shutterstock

Em uma pesquisa rápida por lojas virtuais já é possível ver muitas delas com relógios em contagem regressiva para o dia 27 de novembro. Segundo o professor Nuno Fouto, diretor vogal do Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (Ibevar), os consumidores têm pensado duas ou três vezes antes de efetuar uma compra. O baixo poder de compra e o receio sobre o futuro têm barrado gastos altos. No período da promoção que virou febre mundial, no entanto, será a hora de conseguir encontrar produtos mais em conta. “Vai ter muita demanda por oportunidades. O cliente vai verificar se consegue um bom preço na Black Friday”, comenta.

Mesmo com os entraves para as compras, 81% dos clientes de lojas de e-commerce pretendem aproveitar os descontos da data. O dado é de um levantamento da E-bit/Buscapé, em estudo feito em agosto desse ano. A mesma pesquisa aponta que os produtos com mais intenção de compras são os Eletrônicos (37%), Informática (27%), Eletrodomésticos (27%), Telefonia/Celular (25%) e Livros (17%).

Natal antecipado
Fouto acredita que o evento pode ser uma boa oportunidade para os consumidores e que poderá representar um adiantamento das compras de Natal, data que não possui o mesmo apelo de descontos. “Seria uma transferência. Em vez de comprar no Natal, o cliente vai comprar na Black Friday”, analisa.

Se para o consumidor esse será um dia para conseguir bons negócios, para os lojistas a perspectiva não é tão positiva. Fouto acredita que na melhor das hipóteses as vendas serão iguais as do ano passado. “Acho que se mantiver o que foi vendido o varejo tem que comemorar. A minha expectativa é de que diminua”.

Fonte: Canarinho Press
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade