PUBLICIDADE

Demanda global de GNL deverá aumentar em 2024 com impulso de China e Europa

28 fev 2024 - 08h58
Compartilhar
Exibir comentários

A demanda global de gás natural liquefeito (GNL) crescerá em 2024, com a China, principal comprador, de volta ao mercado e o consumo na Europa aumentando, disse um executivo da TotalEnergies nesta quarta-feira.

"O GNL continuou a crescer, com a China de volta ao mercado, mas ainda não no nível de 2021", disse o vice-presidente sênior de Exploração e Produção da Ásia-Pacífico da TotalEnergies, Thomas Maurisse, em uma conferência do setor.

"Com a Europa... é um mercado novo e grande, essa demanda ainda continuará a crescer. Ao mesmo tempo, novas capacidades não entrarão em operação em um prazo muito curto, portanto, continuarão a pressionar um pouco os preços e a volatilidade."

Na semana passada, os preços spot do GNL na Ásia atingiram seus níveis mais baixos em quase três anos, já que a fraca demanda na Ásia e na Europa pesou sobre o mercado.

A queda nos preços incentivou os importadores de GNL de mercados como a China e a Índia a aumentar as compras spot.

As atividades comerciais aumentaram em meio aos preços baixos, disse o vice-presidente de marketing e comércio de GNL da Petronas, Shamsairi M Ibrahim, à margem da conferência.

"Isso já começou na China", disse ele, acrescentando que haverá mais oportunidades de compra para compradores sensíveis a preços na Ásia.

"Mas (o mercado) ainda está apertado. Se algo acontecer com a produção, você verá um pico (de preço)", disse Shamsairi.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade