PUBLICIDADE

Da quase falência ao 1º milhão: a trajetória de um ecoturista

Empresa que nasceu da paixão de um publicitário por montanhismo se tornou seu principal negócio

14 dez 2022 - 09h12
(atualizado às 13h19)
Compartilhar
Exibir comentários
Da quase falência ao 1º milhão: a trajetória de um ecoturista:

Foi para abandonar o sedentarismo, em meados de 2012, que o publicitário Juliano Sant’Ana passou a praticar trekking. O que era para ser o começo de um estilo de vida mais saudável se tornou uma paixão e um negócio. 

Das aventuras que o levaram a lugares como o Aconcágua (montanha mais alta fora da Ásia, localizada na Argentina) e o Huayna Potosi (pico na Cordilheira dos Andes, na Bolívia), surgiu a Target Ecoturismo e Aventura. 

A empresa, que até meados de 2018 concentrava sua atuação em viagens em grupo, se consolidou como principal negócio de Juliano após a empresa se destacar no cenário nacional de operadoras e agências com programas completos e autoguiados para um dos principais destinos da Patagônia Chilena, o Parque Nacional Torres del Paine, um dos 10 mais visitados do mundo. 

Aí veio a pandemia...

O que o empreendedor não esperava é que, em 2020, quando o negócio se consolidava, uma pandemia fecharia por quase dois anos as fronteiras, impedindo novas viagens. 

Depois de muito resistir e de considerar encerrar a empresa, a Target com um reposicionamento corajoso, reorganiza seu catálogo de destinos e grupos, foca energia em Torres del Paine e é, atualmente, a operadora de turismo que mais envia brasileiros para a o principal Parque Nacional da Patagônia Chilena, comemorando seu primeiro R$ 1 milhão de faturamento.

“Não foi um período fácil, pessoal e profissionalmente. A pandemia testou nossos limites de resistência e tanto na minha vida pessoal quanto na Target passei por maus bocados nesse período. Mas insisti sempre acreditando que o retorno do turismo, e uma provável procura de reconexão com a natureza faria a empresa voltar aos trilhos e me permitir retomar os planos de crescimento do negócio. Valeram todos os esforços!”, diz ele.

Além de Torres del Paine, considerado um dos 10 Parques Nacionais mais visitados do mundo, a empresa criou um circuito exclusivo na Coxilha Rica, região que agrega paisagens incríveis e história dos tropeiros, na região serrana de Santa Catarina.

Foto: Arquivo Pessoal

Para 2023, a agenda é abrir uma unidade em Portugal com um novo destino em seu portfólio: o caminho português de Santiago de Compostela. 

“A ideia é que os nossos clientes comecem sua caminhada a partir de Porto, em Portugal, e que o destino seja focado em brasileiros que desejam conhecer e contemplar essa região tão icônica. Um caminho muito especial, viável a todos os perfis de pessoas e com um planejamento muito próximo do que fizemos na Patagônia, com infraestrutura e segurança, transformando essa viagem em uma experiência introspectiva que vai marcar os participantes para toda a vida”, destaca Juliano. 

Com a movimentação no continente Europeu, que deve facilitar também a vinda dos moradores do velho continente aos destinos da América do Sul, a Target prevê um crescimento constante nos próximos anos. A expectativa é chegar a R$ 3 milhões de faturamento em 2025.

(*) HOMEWORK inspira transformação no mundo do trabalho, nos negócios, na sociedade. É criação da COMPASSO, agência de conteúdo e conexão. Conheça nossas soluções e entre em contato.

Homework Homework
Compartilhar
Publicidade
Publicidade