PUBLICIDADE

Como prefeito da 'capital do swing da Europa' foi convencido por vidente a gastar fortuna em dinheiro público

O chefe do Executivo e a alegada cartomante foram detidos por terem desviado milhares de euros de uma popular cidade francesa.

27 mai 2024 - 16h58
(atualizado às 20h07)
Compartilhar
Exibir comentários
Uma vidente lendo cartas
Uma vidente lendo cartas
Foto: Getty Images / BBC News Brasil

A cidade de Agde, na costa mediterrânea francesa, é conhecida pelas suas belas praias e sol durante todo o ano, mas também por acolher festas sexuais. A cidade abriga a maior comunidade de swing da Europa. Dezenas de milhares de casais vão à região todos os anos, vindos de diferentes lugares, para troca de parceiros. Mas neste momento, a cidade está sofrendo com um novo escândalo que deixou o resto da França perplexo.

Os protagonistas do caso são uma vidente e o prefeito da cidade, Gilles d'Ettore, que também é ex-membro do serviço secreto e policial. Ambos estão presos enquanto são investigados.

A cartomante Sofía Martínez enfrenta acusações de peculato em prejuízo do prefeito, enquanto ele é acusado de corrupção por gastar grande quantidade de dinheiro dos contribuintes com a vidente.

A cidade francesa de Agde é famosa porque muitos homens e mulheres viajam até lá para troca de parceiros
A cidade francesa de Agde é famosa porque muitos homens e mulheres viajam até lá para troca de parceiros
Foto: Getty Images / BBC News Brasil

Martínez era famosa por alegar ser capaz de se comunicar com os mortos. Quando o prefeito pediu que ela o colocasse em contato com o seu falecido pai, ele acreditou que ela havia conseguido.

Durante as sessões, a cartomante mudava repentinamente de voz e adotava o tom do pai do prefeito.Nos últimos quatro anos, ela teria manipulado o prefeito pessoalmente e por telefone com notáveis habilidades de ventriloquismo, uma prática caracterizada por projetar a voz sem abrir a boca ou mover os lábios, o que dá a impressão de que o som vem de outra fonte.

O prefeito recebeu milhares de ligações misteriosas com "vozes" de mortos, inclusive de anjos, que o incitavam a ajudar a cartomante. E é aí que entra a corrupção.

'Uma história maluca'

As investigações mostraram que o prefeito pagou férias luxuosas para Martínez e sua família na Polinésia e na Tailândia, todas com recursos públicos.

Da mesma forma, afirma-se que as "vozes" persuadiram o homem a contratar vários membros da família da vidente para trabalhar na Câmara Municipal e também para renovar a sua casa.

Empresas locais com ligações a d'Ettore fizeram o trabalho, gratuitamente, por receio de perder futuros contratos com a prefeitura.

O prefeito da cidade francesa está sendo acusado de usar recursos públicos para beneficiar uma cartomante
O prefeito da cidade francesa está sendo acusado de usar recursos públicos para beneficiar uma cartomante
Foto: Getty Images / BBC News Brasil

Com toda a repercussão do caso, o advogado do prefeito, Jean Marc Darrigade, se tornou uma pequena celebridade da noite para o dia.

"É uma história maluca", admitiu o advogado à BBC em seu escritório nas proximidades de Montpellier.

"É incrível porque você tem um homem na política, prefeito e ex-deputado, que é muito inteligente. E você descobre que um homem assim pode ser manipulado por uma mulher", acrescentou.

"Esta é uma mulher que entrou na vida dele e disse: 'posso falar com o seu falecido pai'. Ela encontrou nele uma fraqueza mental e a explorou para ganho pessoal. Demorou muito até que ele aceitasse que havia sido enganado", acrescentou Darrigade.

Mas o advogado de Martínez, Luc Abratkiewicz, tem uma opinião diferente.

"Ela admitiu ter traído a confiança do prefeito, mas não é um caso de manipulação porque ela reconheceu o que fez e outros clientes, incluindo médicos e arquitetos, disseram que ela tinha poderes místicos", respondeu.

"Ela revelou detalhes sobre a vida deles que ninguém mais sabia", acrescentou o defensor da cartomante.

A mistura entre espiritismo e corrupção marcou a cidade costeira de Agde e causou grande repercussão
A mistura entre espiritismo e corrupção marcou a cidade costeira de Agde e causou grande repercussão
Foto: Getty Images / BBC News Brasil

Os advogados negam, mas os moradores dizem que tudo se resume a sexo numa cidade onde isso é tema recorrente.

Num café ensolarado perto da Câmara Municipal, um cliente que se apresentou como Jean-Max disse: "Gosto do prefeito, ele tem sido bom comigo, foi enganado. Talvez ele estivesse apaixonado por ela".

Outro morador acrescentou, rindo: "Para mim, o sexo está no centro do escândalo. Quando há dinheiro envolvido, o sexo também faz parte."

"De certa forma eles andam juntos", concluiu.

Contas exigentes

A extrema direita obteve ganhos significativos nessa região da França nos últimos anos.

Um dos críticos mais ferrenhos do prefeito é Fabienne Varesano, uma política local em rápida ascensão do partido da Assembleia Nacional da candidata à presidência francesa, Marine Le Pen.

Varesano pediu a renúncia do prefeito.

"Ele pode ser generoso, estar apaixonado por muitas mulheres, essa é a vida pessoal dele. Mas usar o dinheiro do contribuinte é uma história diferente", disse.

"Ele zombou de nossa cidade", acrescentou.

A justiça local mantém o prefeito e a cartomante sob custódia para evitar possíveis adulterações de testemunhas.

Martínez foi transferida para a solitária depois de ter sido atacada dentro da prisão feminina para a qual foi enviada.

As presas a acusaram de bruxaria.

BBC News Brasil BBC News Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC News Brasil.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade