0

Comércio de soja se aquece no Brasil com melhora na paridade de exportação, diz Cepea

22 fev 2019
17h42
atualizado às 18h03
  • separator
  • comentários

As negociações da soja começaram a se aquecer após um aumento da paridade de exportação no porto de Paranaguá (PR), informou nesta sexta-feira o Centro de Estudos Avançados em Ecomonima Aplicada (Cepea), da Esalq/USP.

Grãos de soja são carregados em navio no porto de Paranaguá, PR
27/03/2003
REUTERS/Paulo Whitaker
Grãos de soja são carregados em navio no porto de Paranaguá, PR 27/03/2003 REUTERS/Paulo Whitaker
Foto: Reuters

"Esse movimento se deve à valorização nos contratos futuros na Bolsa de Chicago", disse a instituição.

"(Os contratos) foram influenciados pelas estimativas de menor área de soja nos Estados Unidos na temporada 2019/20 e pelas expectativas de que o acordo comercial entre o país norte-americano e a China seja firmado em breve".

Os compradores se aproximam dos valores pedidos, e as negociações para embarques em março tiveram ofertas de prêmio sobre Chicago a 65 centavos de dólar/bushel e comprador a 60 centavos/bushel, na quinta-feira. Na semana anterior, as ofertas estavam em 67 centavos, com compradores a 54 centavos.

A análise aponta ainda que os preços da saca de 60 kg no porto paranaense variaram entre 80,74 reais, para embarque em março, e 84,92 dólares, para embarque em julho.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade