PUBLICIDADE

Até milionários deixam de realizar sonhos por falta de planejamento

Fundador da Martello EF analisa declaração de Rachel Sheherazade de que salário de R$ 200 mil era insuficiente

7 nov 2023 - 06h15
Compartilhar
Exibir comentários
Raquel Sheherazade: R$ 200 mil por mês é "pouco"
Raquel Sheherazade: R$ 200 mil por mês é "pouco"
Foto: SBT / Divulgação

Nos últimos dias, a jornalista Raquel Sheherazade, bastante conhecida por seu trabalho na TV e, recentemente, pela participação em "A Fazenda", afirmou que recebia um salário mensal de R$ 200 mil no SBT, mas que ele não havia sido suficiente para comprar uma casa própria, já que cobria apenas seu sustento e a educação dos filhos. 

A declaração gerou uma série de polêmicas, afinal, como um ganho neste valor pode não ser considerado alto?

De acordo com Thiago Martello, fundador da Martello EF, empresa que abocanhou investidores no programa Shark Tank Brasil ao oferecer uma metodologia própria, é preciso considerar que cada caso é um caso. 

“A primeira regra relacionada a um educador financeiro é não julgar, pois o estilo e custo de vida de cada pessoa varia muito. Se a pessoa ganha muito, mas gasta muito, ela não vai conseguir guardar para realizar nada. Naturalmente que receber um valor desses no Brasil é estar entre menos de 1% da população. Mais de 90% dos brasileiros ganham até R$ 3.500, por isso a informação choca”, analisa.

Falta de planejamento financeiro 

Segundo Martello, não é raro que muitas pessoas que podem ser consideradas milionárias em razão dos altos ganhos mensais, deixem de realizar sonhos que seriam totalmente possíveis em razão do alto custo de vida e falta de planejamento financeiro. 

“Atendo muitas pessoas com alta renda e não é difícil ver casos em que apenas gastam, não guardam nem investem e muito menos pensam no futuro. É a partir de um trabalho de educação financeira que conseguimos mudar essa realidade. Muitas vezes, um brasileiro que está na média da população em termos de ganho consegue realizar mais sonhos, por incrível que pareça”, diz ele.

Para o educador financeiro, saber lidar bem com dinheiro é, acima de tudo, adequar o que se ganha ao custo de vida. 

“Quem enriquece e consegue realizar sonhos, seja a compra de uma casa, uma viagem para o exterior ou a independência financeira, é alguém que vive num padrão um pouco menor do que poderia, tem o costume de poupar e investir e realiza um planejamento financeiro para o futuro. Não adianta ganhar R$ 100 mil e gastar R$ 110 mil. O problema é que boa parte das pessoas não se preocupa com o amanhã porque acha que sempre terá os ganhos garantidos”, avalia.

Apenas para se ter ideia, um ganho mensal de R$ 200 mil, considerados os descontos legais, geraria cerca de R$ 145 mil líquidos. Se investidos 20% do valor mensalmente, ou seja, R$ 29 mil, considerando-se investimentos sem risco, em apenas um ano já se teria cerca de R$ 380 mil guardados. 

“A questão é o quanto a pessoa está disposta a deixar de gastar para planejar o futuro”, afirma Martello.

(*) HOMEWORK inspira transformação no mundo do trabalho, nos negócios, na sociedade. É criação da Compasso, agência de conteúdo e conexão.

Homework Homework
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade