PUBLICIDADE

Globo terá nova faixa na programação para reprise de novelas

A primeira obra reprisada será 'O Cravo e a Rosa'; novela será exibida a partir do dia 6 de dezembro

24 nov 2021 15h04
| atualizado às 15h47
ver comentários
Publicidade
'O Cravo e a Rosa' é ambientada na São Paulo dos anos 1920 e narra o tumultuado romance entre o rude caipira Julião Petruchio (Eduardo Moscovis) e a geniosa Catarina Batista (Adriana Esteves)
'O Cravo e a Rosa' é ambientada na São Paulo dos anos 1920 e narra o tumultuado romance entre o rude caipira Julião Petruchio (Eduardo Moscovis) e a geniosa Catarina Batista (Adriana Esteves)
Foto: Globo/Divulgação

A TV Globo anunciou nesta quarta-feira (24) que terá mais uma faixa na programação para exibir reprises de novelas das seis. O horário será logo após o 'Jornal Hoje'.

A novidade foi contada por Fátima Bernardes, durante o programa 'Encontro'. A primeira obra reprisada será 'O Cravo e a Rosa' e a novela será exibida a partir do dia 6 de dezembro.

"Globo vai estrear novo horário de novela depois do 'Jornal Hoje'. Essa faixa será reservada para produções sucesso de públicos com tramas clássicas dos horários das 18h e das 19h. A obra que inaugura no dia 6 de dezembro será 'O Cravo e a Rosa', um dos maiores clássicos da teledramaturgia brasileira", disse a apresentadora.

Comédia romântica inspirada no clássico 'A Megera Domada', de William Shakespeare, e com referências da novela 'O Machão', de Ivani Ribeiro, 'O Cravo e a Rosa' é ambientada na São Paulo dos anos 1920 e narra o tumultuado romance entre o rude caipira Julião Petruchio (Eduardo Moscovis) e a geniosa Catarina Batista (Adriana Esteves).

Catarina é uma mulher rica e moderna, com ideais feministas. Filha do banqueiro Nicanor Batista (Luís Melo), ela é conhecida como ''fera'' por botar todos os seus pretendentes para correr.

Catarina esbarra na teimosia cínica de Petruchio que, inicialmente, decide conquistá-la para salvar sua fazenda de ser leiloada com o dote do casamento. Em meio às contradições, eles acabam se apaixonando, mas não dão o braço a torcer e vivem às turras, protagonizando cenas muito divertidas, com discussões e brigas vulcânicas.

Estadão
Publicidade
Publicidade