0
TV

HBO exibe documentário sobre o 11 de Setembro contado por alunos de escola vizinha às Torres Gêmeas

Hoje, 18 anos depois dos ataques terroristas, sobreviventes relembram os momentos de horror que passaram a algumas quadras do World Trade Center em À Sombra das Torres: O 11 de Setembro em Stuyvesant, da HBO

11 set 2019
10h19
  • separator
  • 0
  • comentários

A HBO exibe nesta quarta, 11, quando se completam 18 anos dos atentados de 11 de Setembro, que destruíram as Torres Gêmeas do World Trade Center, em Nova York, e mataram milhares de pessoas, o documentário À Sombra das Torres: O 11 de Setembro em Stuyvesant. Haverá outras exibições ao longo dos próximos dias (veja os horários abaixo) e o filme também está disponível na HBO GO.

Produção original da HBO que estreia agora, À Sombra das Torres: O 11 de Setembro em Stuyvesant relembra, por meio de histórias de alunos da escola pública Stuyvesant, que ficava a poucos quarteirões do World Trade Center, como foi o fatídico e trágico 11 de Setembro para eles.

Dirigido e produzido por Amy Schatz (Song of Parkland, The Number on Great-Grandpa's Arm e An Apology to Elephants), vencedora de 7 prêmios Emmy, o documentário traz, em 31 minutos, o depoimento de oito ex-estudantes da Stuyvesant. Eles eram adolescentes em 2001 e tiveram sua vida alterada para sempre pela tragédia.

O filme conta, por exemplo, que quando os alunos, muitos deles imigrantes, saíram para as ruas, eles tentaram encontrar um ao outro e ficar juntos. Mostra, também, o medo que sentiram de sofrer alguma retaliação e conta que dois deles, Himanshu Suri e Taresh Batra, andaram pelas ruas com uma mulher usando hijab que foi amaldiçoada por homens. Em outro depoimento, Mohammad Haque, filho de imigrantes de Bangladesh, lembra que teve a noção de que estava em uma zona de conflito quando ele ligou para seu pai que implorou ao telefone: "por favor, apenas sobreviva".

Além de relembrar o dia dos ataques às Torres Gêmeas, À Sombra das Torres: O 11 de Setembro em Stuyvesant mostra como o episódio moldou a vida desses jovens e alternou a noção do 'sonho americano', e como ele continua moldando o mundo hoje.

O 11 de Setembro vem mobilizando artistas das mais diversas linguagens. A literatura, por exemplo, começou a tentar lidar com o trauma dos ataques logo após a tragédia e há bons livros nas livrarias sobre o episódio que mudou os rumos da história do mundo.

Horários de 'À Sombra das Torres: O 11 de Setembro em Stuyvesant'

Quarta, 11

22h03

Sexta, 13

22h30

Segunda, 16

17h45

Quinta, 19

9h35

Quarta, 25

10h15

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade