PUBLICIDADE

Criadora do “Eu sou rica” morreu aos 46 e enlutou a Globo

Frase dita por personagem de Carolina Ferraz é popular nas redes sociais e foi reavivada em campanha publicitária

15 jul 2021 11h25
ver comentários
Publicidade

Alguns bordões de novelas sobrevivem ao tempo. Tô certo ou tô errado? Um deles já tem 13 anos e continua na boca do povo. A frase “Eu sou rica”, dita por Norma, interpretada por Carolina Ferraz na novela ‘Beleza Pura’, de 2008, é muito usada em memes e comentários nas redes sociais.

Carolina Ferraz ainda fatura popularidade e bons cachês graças ao bordão impagável
Carolina Ferraz ainda fatura popularidade e bons cachês graças ao bordão impagável
Foto: Fotomontagem: Blog Sala de TV

Voltou ao horário nobre na TV na adaptação “TikTôRyka”, da campanha publicitária do app de vídeos TikTok estrelada pela atriz, que acaba de surgir também no comercial da marca de maquiagem Eudora, soltando o slogan “boca de rica”.

O grito de esnobismo de Norma, que se achava uma ‘mulher de catiguria’, aconteceu em cena sobre a sensação de impunidade dos poderosos no Brasil. Sob ameaça de ser denunciada por uma tramoia, a dondoca reage com deboche. “Eu não vou presa, sabe por quê? Eu sou rica! Eu sou rica! Você já viu algum rico ir parar na cadeia? Não aqui nesse País, onde todo mundo não tem caráter.”

A autora da novela e desse bordão cheio de simbologia social foi Andréa Maltarolli. Exibida na faixa das 19h da Globo, ‘Beleza Pura’ se tornou a primeira e única novela solo da dramaturga. Antes, de 1995 a 2003, ela havia feito parte da equipe de autores de ‘Malhação’.

A autora Andréa Maltarolli e a logomarca de sua única novela solo na Globo
A autora Andréa Maltarolli e a logomarca de sua única novela solo na Globo
Foto: Dario Zalis/TV Globo/Divulgação

Andréia morreu aos 46 anos, em setembro de 2009, de câncer de mama com metástase. Já doente, ela desenvolveu a sinopse de uma trama que se chamaria ‘Buu’. A ideia serviu de base para ‘Alto Astral’, escrita por Daniel Ortiz e exibida entre 2014 e 2015.

A morte da autora entristeceu a emissora carioca. Ela era apontada como um grande talento. Tinha potencial para logo se juntar aos novelistas da faixa das 21h, sempre dominada por homens. Formada em História e Comunicação Social, Andréa Maltarolli se inspirava nas notícias dos jornais para criar histórias e personagens.

Em tempo: a arrogante vilã Norma foi parar atrás das grades, mas no último capítulo aparece livre em uma fazenda.

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
Publicidade
Publicidade