PUBLICIDADE

Paula Lavigne é xingada por seguidor e caso vai parar na Justiça

11 jun 2024 - 12h36
Compartilhar
Exibir comentários

A esposa do cantor Caetano Veloso, Paula Lavigne, processou um seguidor após ser alvo de xingamentos nas redes sociais do suposto fã. A ex-modelo pediu uma indenização no valor de R$ 30 mil por danos morais.

Foto: Instagram @paulalavigne / The Music Journal

De acordo com o colunista Daniel Nascimento, do jornal O Dia, Paula Lavigne processou um seguidor dos Estados Unidos após ser xingada na web. A atriz moveu o processo contra Bruno Resende Soares, um brasileiro residente na cidade de Land O Lakes, na Flórida.

Entre as ofensas, o brasileiro teria desejado a morte da influenciadora. "Os militares deveriam ter exterminado vocês em 64", escreveu ele por meio do Direct, no Instagram. Na sequência, Paula alertou sobre possíveis consequências legais, mas o seguidor persistiu nos insultos.

Ainda segundo Daniel, as mensagens ofensivas começaram em outubro de 2017. Além da influenciadora, Caetano Veloso, também chegou a ser alvo da perseguição. Vale ressaltar que a produtora só entrou com o processo agora, pois a mesma levou um longo caminho para reunir os dados e a localização do acusado.

The Music Journal The Music Journal Brazil
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade