PUBLICIDADE

ONErpm lidera rankings de artistas brasileiros no Spotify e YouTube Music

24 mai 2022 14h47
| atualizado às 14h53
ver comentários
Publicidade

A ONErpm está em um grande momento de sua trajetória no Brasil, encabeçada por um dos grandes nomes da indústria musical, o altamente competente Arthur Fitzgibbon, diretor de operações da empresa no país.

Aliás, Fitzgibbon completou 10 anos à frente da ONErpm e, para entender a evolução e o sucesso da empresa em solo brasileiro, o executivo foi destaque na Billboard's Internacional Power Players, um notável reconhecimento no mercado global da música.

A ONErpm continua mostrando seu potencial nos charts brasileiros de grandes plataformas como Spotify e YouTube Music, por 17 e 14 semanas, respectivamente, com o maior número de faixas entre as mais tocadas dessas plataformas.

Arthur Fitzgibbon, diretor da ONErpm no Brasil |
Arthur Fitzgibbon, diretor da ONErpm no Brasil |
Foto: Marcio Alessandro / The Music Journal

Para que se tenha uma ampla compreensão sobre a liderança da empresa no streaming, deve se observar o número de músicas que as grandes gravadoras - ou majors - e distribuidoras contabilizam em cobiçadas listas como o TOP 200 do Spotify e o TOP 100 do YouTube Music.

Com exclusividade ao TMJ, a empresa informa que está no topo de praticamente todas as semanas do primeiro quadrimestre de 2022, que compreende o período entre o fim de janeiro e metade de maio.

Market share do Spotify |
Market share do Spotify |
Foto: ONErpm / The Music Journal

Megahits nacionais como Malvadão 3, SentaDONA, 50 por cento, Oi, Como Ce Tá e Poesia Acústica 12 - Para Sempre têm conquistado o público que, por sua vez, estão entre os milhões de ouvintes nas plataformas digitais. Esses sucessos têm pavimentado o caminho para a ascensão da ONErpm no digital.

Para Arthur Fitzgibbon, diretor da operação no Brasil da multinacional desde a chegada da companhia ao país, há uma década, os números são motivo de celebração, mas também há um ponto de atenção para a liderança possa ser mantida.

"Temos um desafio diário de estar entre 2 a 3 anos na frente do mercado para que nosso crescimento seja o crescimento dos artistas também. Estar na liderança exige um comprometimento com o sucesso que o artista busca, exige uma confiança total na equipe e antecipação de soluções que ainda não estão em evidência. Houve uma revolução na última década, liderada pela ONErpm, e o nosso desafio é manter esta continuidade para que o mercado continue em igualdade e não caia nas armadilhas do passado. Uma empresa independente se tornar a maior empresa de um mercado importante como o Brasil é um fato inédito e histórico no Music Business global. Que esse feito possa inspirar nossos outros territórios a desafiar a predominância da velha escola do Music Business e para que todos os artistas do mundo saibam que é possível se fazer um trabalho honesto, transparente e ainda assim lucrativo para todos os envolvidos", destaca o executivo.

"Estar na liderança exige um comprometimento com o sucesso que o artista busca, exige uma confiança total na equipe e antecipação de soluções que ainda não estão em evidência" - Arthur Fitzgibbon

O resultado tem todos os ingredientes de uma farta comemoração: o mercado musical conta, como pilares, os grandes players de mercados, conhecido como as grandes gravadoras. Emplacar grandes sucessos o obter resultados positivos em um ambiente tão concorrido como a indústria musical, quando se trabalha o artista independente, conduzindo-o a patamares mais altos, sem dúvida, é um grande feito.

Market Share YouTube Music |
Market Share YouTube Music |
Foto: ONErpm / The Music Journal

Atualmente, a ONErpm conta com mais de 8 mil canais no YouTube, que geram, coletivamente, mais de 12 bilhões de views mensais, além de ser a maior network de música da América Latina e uma das maiores do mundo.

The Music Journal The Music Journal Brazil
Publicidade
Publicidade