PUBLICIDADE

Novo clipe de Lil Nas X mostra que Pink Is the New Black

23 jul 2021 18h24
| atualizado às 18h34
ver comentários
Publicidade
Foto: Instagram/Lil Nas X / Pipoca Moderna

Lil Nas X segue determinado a fazer os clipes mais gays de todos os tempos. "Industry Baby" leva coreografia de peladões para o banheiro de uma prisão cenográfica, mostrando que Pink Is the New Black.

Apesar disso, o resultado é menos estridente que o fabuloso "Montero (Call Me By Your Name)", que abalou estruturas.

Em parte, devido à participação de Jack Harlow, que divide o microfone e as cenas, forçando uma heteronormalidade à beira da caricatura - transforma mulher em objeto para indicar que sua macheza não é para atrair machos como o colega. Já as beats perfeitas são cortesia de outro hetero exagerado, o rapper Kanye West, coprodutor da gravação.

Dirigido por Christian Breslauer (de clipes de Marshmello, Bebe Rexha, Doja Cat e Roddy Ricch), o vídeo é uma das maiores superproduções do formato neste ano e culmina numa coreografia de fuga em massa de uma prisão em chamas.

Curiosamente, a história da prisão foi concebida pelo rapper após a controvérsia legal de seus "tênis de Satã", que ele colocou à venda na época do clipe de "Montero" e que lhe rendeu processo da Nike - os tais tênis eram Nikes customizados. Artista e fabricante se entenderam fora dos tribunais em abril passado, mas ele aproveitou a polêmica para divulgar que iria aparecer num tribunal nesta sexta (23/7) devido ao caso. E é com essa premissa que abre o novo vídeo, registrando sua condenação à prisão.

Terceiro clipe de Lil Nas X neste ano, depois de "Montero (Call Me By Your Name)" e "Sun Goes Down", "Industry Baby" deve aparecer no aguardado álbum de estreia do rapper, chamado também de "Montero", que ainda não previsão de lançamento.

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Publicidade
Publicidade