PUBLICIDADE

Família de Luiz Gonzaga critica "Vem Galopar" de Juliette: "Falta de respeito"

Daniel Gonzaga, neto do compositor, afirma que a adaptação de "Pagode Russo" não foi autorizada pela família e considera a versão desrespeitosa

22 jun 2024 - 15h44
(atualizado às 16h08)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Instagram/Juliette / Pipoca Moderna

Juliette vem dividindo opiniões com a música "Vem Galopar", parte do projeto junino "São Juão". A faixa é uma adaptação de "Pagode Russo", clássico de Luiz Gonzaga. Enquanto alguns fãs elogiaram o refrão pegajoso, outros criticaram a letra por não agregar à cultura das festas de São João. A cantora defendeu a adaptação, dizendo: "Eu não sou a inventora do duplo sentido. Se você pesquisar um pouquinho, você vai ver que estava aí desde que o mundo é mundo. Agora, a música 'Vem Galopar' tá massa, releitura de 'Pagode Russo', de Luiz Gonzaga".

Críticas de Daniel Gonzaga

Só que Daniel Gonzaga, neto de Luiz Gonzaga, publicou um vídeo nas redes sociais criticando a música e afirmando que Juliette não recebeu autorização da família para adaptar o trabalho do avô. Queixando-se de publicações que afirmavam que a família autorizou a música, ele deixou claro: "Não há uma autorização formal da família Gonzaga. A autorização é deles [gravadora Universal] e eles fazem o que eles quiserem".

Ele criticou a mudança na obra de Gonzaga e João Silva, coautores do clássico, considerando-a uma "falta de respeito". Daniel ainda desabafou: "Eu sou contra as gravadoras fazerem o que querem. É claro que o direito é delas, mas há um direito moral. E mudar a música de João Silva, pelo que eu vi, eu achei um pouco de falta de respeito. Então, vocês façam o que vocês quiserem, só não digam que a família autorizou."

Posicionamento de Juliette e Universal Publishing

Após a declaração, a equipe de Juliette afirmou que a cantora respeita a obra de Luiz Gonzaga e João Silva e solicitou autorização à Universal Publishing. "A Publishing garantiu à Juliette que a família de Luiz Gonzaga e João Silva havia autorizado o lançamento da música, não havendo qualquer restrição quanto a isso. A editora também afirmou à cantora que familiares ouviram o resultado e que gostaram da versão."

A nota conclui: "Juliette afirma que não é ela a responsável pelos trâmites legais que envolvem a liberação de fonogramas. Com absoluto respeito aos familiares e à obra de Luiz Gonzaga e João Silva, a cantora lamenta e se coloca à disposição para entender e dialogar com todos os envolvidos."

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade