PUBLICIDADE

Ed Motta diz que "quem ouve hip hop é burro" e aproveita engajamento

Declaração viralizou e rendeu lotação em live, onde o cantor "respondeu" as críticas com música ao piano

12 jun 2024 - 21h04
(atualizado às 21h11)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Instagram/Ed Motta / Pipoca Moderna

O cantor e músico Ed Motta criou uma polêmica nas redes sociais ao chamar quem ouve hip hop de burro e lotou uma live no Instagram, em que aproveitou o maior engajamento que teve nos últimos tempos. Ele jogou a isca e fisgou o público, que foi reclamar e após ouvir muitos "aí não" e "minha opinião", acabou ouvindo também música do artista ao piano.

A polêmica do hip hop

Tudo começou quando o cantor disse que "pessoas inteligentes" ouvem "jazz" e foi acusado de ser preconceituoso e hipócrita nas redes sociais. No trecho que viralizou no X (antigo Twitter), Motta começa falando sobre a sua identidade racial. "Eu não sou branco, sou preto, mas eu represento o que a raça tem de mais sofisticado", iniciou, antes de dar sua posição sobre o hip hop.

"Qualquer um que ouve hip hop é burro. Sem exceção. Outro dia, eu vi um trecho de uma entrevista desse bobalhão do Rafinha Bastos: 'Ah, porque hip hop é o tipo de música que mais gosto de ouvir'. E o cara é um imbecil", emendou.

Segundo Ed, a música clássica e o jazz seriam as escolhas "naturais" de "pessoas inteligentes" como ele.

As declarações atraíram vários comentários. Enquanto alguns quiseram argumentar, teve quem visse o apelo ao engajamento. "O cara está sumido, logo quer atenção", apostou um internauta.

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade