PUBLICIDADE

Daparte aborda sentimentos de renovação e alto astral no álbum "Fugadoce"  

16 nov 2021 11h00
ver comentários
Publicidade

A banda Daparte lançou na última sexta-feira (12) o seu novo álbum Fugadoce, que conta com 13 canções elaboradas durante a construção do disco, que levou os últimos três anos para ser concluído. Este novo material já está disponível em todas as plataformas digitais pela Sony Music.

Foto: Sony Music / The Music Journal

Misturando baladas profundas e reflexivas com canções alegres e alto astral, Fugadoce visa mostrar essa transição que passou durante o período da pandemia, com uma mensagem de esperança para os tempos que virão. Sendo assim, uma fuga de todas as bads para os sentimentos good vibes que estão por vir.

"A felicidade de lançar esse álbum é enorme. Escolhemos esperar um momento mais próximo do fim da pandemia, o que gerou um tempo de espera muito grande. Com isso, novas composições e novas versões de algumas músicas foram surgindo. A solução foi lançar vários singles, que inicialmente sairiam somente no disco, para alimentar nossos fãs e a nós mesmos. Finalmente, chegou a hora de mostrar para o mundo o restante desse play, com músicas que vão trazer um astral legal pra todo mundo curtir e começar a virar a chave desses tempos sombrios que passamos", conta Juliano Alvarenga, vocalista e guitarrista.

O processo criativo da Daparte neste trabalho envolveu o Sonastério, New Doors, Ilha do Corvo e Lightz, Live Session, Feats e elementos no som e na produção musical nunca antes usados pela Daparte. Também conta com a colaboração de diversos produtores musicais: Renato Cipriano, Pedro Peixoto, Tibery, Leo Marques e Otávio Cardoso (ZaniLagum). O que vai permitir ao ouvinte sentir diferentes vibes e sonoridades dentro de um mesmo álbum.

"Fugadoce é tudo o que vivemos, sentimos e vislumbramos nesses últimos três anos. Uma mistura de sensações traduzida em som. O álbum vem com novas experiências sonoras, com um pouco de tudo que a gente curte ouvir. É um bom disco para mostrar as várias faces que tem a Daparte", completa o baterista Daniel Crase.

Confira:

The Music Journal The Music Journal Brazil
Publicidade
Publicidade