0

Celine Dion revela que marido desejava morrer em seus braços

Cantora canadense contou que René foi encontrado morto no chão do quarto pela enfermeira

24 mai 2016
17h04
atualizado às 17h13
  • separator
  • 0
  • comentários

A cantora Celine Dion contou que seu marido, o músico René Angélil, que faleceu no dia 14 de janeiro deste ano, aos 73 anos, foi encontrado morto no chão do quarto por uma enfermeira. As informações são do site do jornal Daily Mail.

A canadense, de 48 anos, revelou uma das últimas vontades do marido. “René queria morrer em meus braços, mas, infelizmente, estava me apresentando naquela noite. Ele deve ter tentado levantar e caiu”.

Celine Dion e René Angelil
Celine Dion e René Angelil
Foto: Ethan Miller / Getty Images

“Normalmente, depois dos meus shows, e de ele tomar seus medicamentos, eu ai até o quarto dar-lhe um beijo e um abraço. Porém, naquela noite, não quis acordá-lo. A enfermeira o encontrou no dia seguinte, ela estava atordoada e foi me chamar”, contou.

Celine disse que, após constatar que René estava morto, ficou “assombrada” com os pensamentos de que ele poderia ter sentido muitas dores em seus momentos finais. No entanto, um médico confirmou que ele não teve nenhum osso quebrado ou algum tipo de fratura por causa da queda. Após isso, a cantora confidenciou ao profissional que estava feliz por saber que ele não sofreria mais. René lutava contra um câncer na garganta.

Após a morte do marido, Celine fez sua primeira aparição, no último domingo (22), no Billboard Music Awards, e foi às lágrimas quando foi surpreendida por seu filho mais velho René-Charles, que subiu ao palco para lhe entregar o prêmio Icon. “Desculpem-me por chorar. Quero ser forte por minha família. Isso é uma grande honra. A música é minha vida desde que me lembro. Obrigado ao meu marido, que sei que continuará olhando por mim. O show tem que continuar”, falou na ocasião.

Celine Dion discursa ao lado do filho no Billboard Music Awards
Celine Dion discursa ao lado do filho no Billboard Music Awards
Foto: Kevin Winter / Getty Images

Celine ainda contou qual foi um de seus últimos pedidos ao companheiro. “Você se preocupa com minha carreira e com as crianças e elas vão ficar bem. Eu vou ficar bem. Te prometo que vamos ficar bem. Você pode ir em paz, não quero que se preocupe com mais nada”, relembrou.

Para finalizar, ela falou como tem sido a vida. “Tenho 48 anos e perdi o amor da minha vida. Sinto falta de quando ele estava bem, saudável, mas não de quando estava sofrendo. Não posso ser egoísta. Você tem que deixar ir. Agora, me sinto em paz”.  Dois dias após a morte de René, Celine perdeu o irmão mais velho, Daniel, de 59 anos, que também lutava contra um câncer na garganta e que se espalhou por outras regiões do corpo.

Celine Dion conheceu Angelil aos 12 anos. Eles começaram a namorar quando ela tinha 19, mas a relação só se tornou pública cinco anos depois. Eles se casaram em 1994 e, juntos, são pais de René-Charles Angelil, de 15 anos, e dos gêmeos Nelson e Eddy, de 5. René possuía outros três filhos de relacionamentos anteriores.  

 

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade