PUBLICIDADE

Após ataques, equipe de Claudia Leitte cita crítica seletiva

Muitos criticaram a cantora por realizar um show e promover aglomeração durante a pandemia; entre os ataques, ela foi chamada genocida

30 nov 2021 10h15
| atualizado às 10h31
ver comentários
Publicidade
Claudia Leitte se apresentou no sábado (27), no Espaço das Américas, em São Paulo.
Claudia Leitte se apresentou no sábado (27), no Espaço das Américas, em São Paulo.
Foto: Manuela Scarpa/Brazil News / Famosos e Celebridades

Desde a apresentação do trio elétrico Blow Out no estacionamento do Espaço das Américas, em São Paulo, no sábado (27), o nome de Claudia Leitte vem ganhando destaque entre os assuntos mais comentados do Twitter Brasil.

Muitos criticaram a atitude da cantora em realizar um show e promover aglomeração durante a pandemia da covid-19. Entre os ataques, ela foi chamada genocida.

Diante da repercussão, a equipe da artista afirmou que o evento foi realizado respeitando todas as normas de saúde impostas pelo Governo do Estado de São Paulo, no entanto, as imagens mostravam pessoas sem máscaras, o que ainda não é permitido na capital paulista.

Foto: Manuela Scarpa/Brazil News / Famosos e Celebridades

"Só era possível entrar no local comprovando a vacinação completa da Covid-19 e, além disso, o evento foi feito com capacidade reduzida, com apenas 3 mil pessoas", diz a nota oficial. 

"É válido mencionar que assim como o show de Claudia, outros tantos vêm acontecendo no Brasil e não foram criticados ou colocados em xeque em relação aos cuidados com a saúde do público. E não só shows, como também rodeios e estádios de futebol", completa.

Famosos e Celebridades
Publicidade
Publicidade