2 eventos ao vivo

Anavitória lança parceria com Duda Beat no clipe "Não passa Vontade"

27 nov 2020
12h29
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O duo Anavitória lançou na noite desta quinta-feira (26), o novo single e clipe de Não passa Vontade, que conta com a colaboração especial da rainha da sofrência pop Duda Beat. A faixa já está disponível nas plataformas digitais pela Universal Music.

Foto: Universal Music / The Music Journal

A surpresa é cinematográfica: por sugestão da própria dupla, os produtores fizeram uma seleção de filmes cult do início desse século e escalaram Ana, Vitória e Duda como atrizes para lembrar algumas das cenas que mais marcaram a geração delas.

Não passa Vontade navega pela onda pop da dupla, trocando os violões pela batida eletrônica suingada, até ser invadida pela força da nordestinidade dos vocais de Duda Beat. O carisma dramático elas mostraram no filme Ana e Vitória (2018), mas agora as meninas e a equipe técnica precisaram encarar um desafio maior: reproduzir as cenas da maneira mais fiel possível, o que inclui figurinos, cenários, atuação, iluminação, enquadramentos e movimentos de câmera.

A cena que mais agradou à dupla foi aquela em que as Anavitória e Duda Beat dividem uma banheira, que capta bem a delicadeza e a ousadia da obra-prima Os Sonhadores, de Bernardo Bertolucci, uma história intimista ambientada em meio aos protestos estudantis de 1968 em Paris.

O único filme citado que foi feito no século passado (em 1999, pra ser mais exato) é o delirante Quero Ser John Malkovich, de Spike Jonze, em que o personagem de John Cusack descobre uma firma que cobra para que fãs possam entrar na mente do ator John Malkovich sem que ele saiba! Aquela profusão de máscaras de Duda Beat reproduz a arte do belo cartaz do filme.

E se a fantasia se tornasse realidade e as Anavitória pudessem entrar na mente de alguém, de quem seria? Vitória diz na lata: "Eu gostaria de entrar no corpo da Beyoncé. Mais do que entrar na cabeça do ser humano, eu queria ter as experiências que aquele corpo vivencia!".

Ana Clara também vai por um caminho semelhante mas, digamos, menos intenso: "Gostaria muito de sentar num piano e ter muita fluência com os dedos pra tocar coisas incríveis e absurdas, então eu seria o Brad Mehldau por um dia".

Confira:

Veja também:

Dua Lipa desabafa sobre ansiedade causada pelas redes
The Music Journal The Music Journal Brazil
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade