PUBLICIDADE

Livro do início do Cristianismo deve render mais de US$2,6 mi em leilão

2 abr 2024 - 19h45
Compartilhar
Exibir comentários

Um livro do Egito que foi escrito no início do Cristianismo e é considerado um mais velhos que existem será leiloado em junho em Londres. 

O códice Crosby-Schoyen -- escrito em copta sobre papiro aproximadamente entre 250 e 350 d.C. e produzido em um dos primeiros mosteiros cristãos -- tem um valor de venda estimado entre 2,6 milhões e 3,8 milhões de dólares, segundo a Christie's. 

"É bem naquele período, naquele período de transição, que o rolo de papiro começa a se transformar na forma de códice", disse Eugenio Donadoni, especialista sênior da Christie's em Manuscritos Medievais e Renascentistas. "E o que temos nesse livro são os textos mais antigos que conhecemos de dois livros da Bíblia." 

As 104 páginas (52 folhas) foram escritas por um escriba durante um período de 40 anos em um mosteiro no alto Egito. O códice contém a primeira epístola de Pedro e do Livro de Jonas. 

Donadoni atribuiu sua preservação ao clima seco do Egito, acrescentando que apenas um punhado de livros dos séculos 3 e 4 sobreviveram até hoje em dia. 

"Todas as principais descobertas de manuscritos cristãos que tivemos no século 20 e no fim do século 19 foram concentradas no Egito devido a essas condições climáticas muito precisas", disse. 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade