PUBLICIDADE

'No Limite' entrega conflitos na tribo Lua e 'desistência'; entenda

Sobreviventes não gostaram quando Shirley pediu um momento de oração após comentário sobre liberdade sexual

6 mai 2022 16h43
| atualizado às 18h18
ver comentários
Publicidade
Tribo da Lua
Tribo da Lua
Foto: Globo

O último episódio de 'No Limite', que foi exibido na quinta-feira, 5, contemplou uma série de conflitos, além da 'desistência' de Verônica. O primeiro atrito rolou entre a tribo Lua.

Após a eliminação de Dayane, os integrantes da equipe tentaram apaziguar os ânimos com Guza, que foi a segunda mais votada da noite. A policial, por sua vez, tentou lidar com a situação de maneira diplomática. "Tudo bem, gente, é um jogo. Vocês precisavam votar em alguém e me escolheram. Foi isso", disse, tentando encerrar o assunto.

No entanto, em confidência para as câmeras, Guza relatou que já prepara sua vingança contra os colegas de tribo. "Entender eu entendo, mas não vai passar em branco. Terá volta".

Após a Prova de Privilégio, os participantes da tribo da Lua se reuniram no acampamento. Ipojucan cantou o hit 'Vale Tudo', em que Tim Maia canta "Vale o que vier/ Vale o que quiser/ Só não pode dançar homem com homem/ Nem mulher com mulher", e Kamyla começou um papo sobre diversidade.

"O Lulu Santos regravou essa música, já retificando essa frase, 'pode dançar homem com homem e mulher com mulher'", apontou Kamyla. 

Logo em seguida, Shirley pediu um momento de oração e falou sobre seus aprendizados no reality. "Eu quero sair daqui sabendo mais e criticando menos, eu tenho meus principios, mas estou escutando vocês", disse a sobrevivente.

O comentário não agradou muito Adriano e Bruna, que fazem parte da comunidade LGBTQIAP+. "Deu a entender que ela está aqui, está convivendo com a gente, mas que no final será cada um para o seu lado", apontou Adriano. "Algumas pessoas não gostaram, inclusive, eu. Não era o momento", corroborou Bruna.

Para completar o combo do caos, na tribo do Sol, Matheus, que se apresenta para a equipe como Pires, com medo da eliminação, aproveitou o momento de fragilidade de Verônica e aconselhou a participante a levantar votos para si mesma, praticamente uma "desistência consciente". A estratégia deu certo e ela foi eliminada de 'No Limite'.

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade