PUBLICIDADE

Michael Richards, o Kramer de 'Seinfeld', revela ser fruto de estupro; entenda

Ator, que caiu no ostracismo após praticar ataques racistas, lança novo livro de memórias

24 jun 2024 - 17h14
(atualizado às 19h32)
Compartilhar
Exibir comentários
Michael Richards (primeiro da esq. p/ dir.) como o personagem Cosmo Kramer; comediante afirma ter sido fruto de uma violência sexual em novo livro de memórias
Michael Richards (primeiro da esq. p/ dir.) como o personagem Cosmo Kramer; comediante afirma ter sido fruto de uma violência sexual em novo livro de memórias
Foto: Divulgação/NBC / Estadão

O ator Michael Richards, o Kramer de Seinfeld, afirma ter descoberto depois de adulto ter nascido fruto de uma violência sexual sofrida pela mãe.

A revelação é feita no livro de memórias do ator, Entrances and Exits (Entradas e Saídas, em tradução livre), lançado no início de junho nos Estados Unidos e inédito no Brasil.

Segundo Richards, 75 anos, a mãe defendia que o pai morreu na Segunda Guerra Mundial. Com os anos, a versão foi mudada: o pai teria morrido em um acidente de carro quando ele era criança.

Incomodado, o comediante pressionou a mãe, que revelou a violência sexual. À época, o aborto ainda era proibido nos Estados Unidos e Richards foi colocado para a adoção. A mãe, porém, mudou de ideia e decidiu criá-lo de maneira solo.

"Eu tive que me conciliar com o fato de não ter sido um filho planejado ou que minha queria se livrar de mim", afirma em entrevista à publicação americana People.

Vencedor de um Emmy por Seinfeld, Richards caiu no ostracismo após ataques racistas durante uma apresentação de humor nos Estados Unidos, em 2006. Na ocasião, foi vaiado pela plateia e disse que eles deveriam "respeitar o homem branco", entre outros insultos racistas.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade