PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

'Me odeia muito': entenda briga de Edu Sterblitch e Bola, seu padrinho de casamento

Ex-colegas do programa Pânico na TV se desentederam após mudanças no humorístico

15 mai 2024 - 11h20
(atualizado às 11h20)
Compartilhar
Exibir comentários
Eduardo Sterblitch e Marcos Chiesa, o Bola
Eduardo Sterblitch e Marcos Chiesa, o Bola
Foto: Divulgação/Globo/Reprodução/Instagram/@chiesamarcos

O ator Eduardo Sterblitch, de 37 anos, disse que Marcos Chiesa, o Bola, com quem trabalhou no programa Pânico na TV, extinto em 2012, o "odeia muito". Ele ainda afirmou que tentou ligar para Bola para fazer as pazes, mas não foi atendido. 

Antes disso, os dois eram amigos, colegas de trabalho e Bola chegou a ser padrinho de casamento de Edu com Louise D'Tuani. Mas por que Edu Sterblitch e Bola são brigados, afinal?

Em uma entrevista recente ao podcast Inteligência Ltda, Bola expôs detalhes da briga com Sterblitch. Segundo ele, as atitudes do colega após o fim do Pânico o feriram. "Mau-caráter [Sterblitch]. Paulinho [Serra] tinha me avisado", comentou. 

Bola ainda contou que as atitudes do colega não teriam sido com ele, e que estava "tomando dor" de um amigo. "Não quero nem falar 'oi'", declarou.

Sterblitch também já comentou que o desentendimento tenha a ver com esse amigo de Bola. O amigo é ex-empresário de Edu, que, segundo ele, acabou se tornando uma de suas maiores decepções.

"[O Bola] ele me odeia muito, acho que, talvez, por causa desse meu outro desafeto [ex-empresário]. Eu fico muito chateado, mas deixa para lá, porque eu não vou ficar gastando minha energia vital com gente que me odeia", disse Sterblitch ao programa Papo de Segunda (GNT).

Sobre a decepção com o empresário, Eduardo Sterblitch assumiu parcela de culpa. Segundo ele, o momento em que vivia não permitiu enxergar as relações do jeito que realmente eram. "Criou-se uma relação meio familiar [entre eu e ele], que virou um pai na minha cabeça [...], mas com o tempo eu percebi que não era uma amizade, que era uma relação comum, profissional mesmo", acrescentou.

Em uma live com Diogo Defante em 2021, Sterblitch afirmou que quando saiu do Pânico e saiu do ex-empresário por motivos pessoais, algumas pessoas começaram a "pegar birra" e a "falar mal" dele.

Apesar do desentendimento, Eduardo Sterblitch já comentou que segue admirando Bola.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade