PUBLICIDADE

John Sacret Young (1946-2021)

7 jun 2021 21h33
ver comentários
Publicidade
Foto: Divulgação/Princeton / Pipoca Moderna

O roteirista John Sacret Young, que co-criou o drama médico de guerra "China Beach", morreu na quinta-feira em Los Angeles, aos 75 anos, após uma batalha de 10 meses contra um câncer no cérebro.

Seu primeiro trabalho como roteirista foi "Chandler", um filme policial de 1971 estrelado por Warren Oates. Mas ele logo passou para a televisão, trabalhando como pesquisador e roteirista de "Os Novos Centuriões" (Police Story), um dos grandes sucessos da década de 1970 na rede CBS.

Sua primeira criação foi a minissérie de guerra "Emboscada Fatal" (1980), sobre um oficial desiludido com a Guerra do Vietnã. O tema acabou revisitado em sua atração mais celebrada, "China Beach", que narrava o horror da guerra pelos olhos de uma enfermeira do Exército (Dana Delany) e seus colegas em um hospital de campanha.

"China Beach" durou quatro temporadas, entre 1988 e 1991, e três delas concorreram ao Emmy de Melhor Série de Drama. Young ainda venceu o WGA Awards, prêmio do Sindicato dos Roteiristas, por escrever um episódio de 1990 ("Souvenirs"), que ele também dirigiu.

Enquanto estava em "China Beach", ele se tornou mentor de jovens roteiristas que acabaram tendo carreiras brilhantes e até hoje agradecem a experiência de ter começado suas trajetórias tendo Young como chefe e orientador.

"John era meu mentor e meu amigo. Ele foi um escritor excepcionalmente talentoso que foi generoso com seu tempo, atencioso, extremamente engraçado, paciente e durão", disse John Wells em um comunicado, sobre a morte do antigo chefe. "Ele se preocupava profundamente com a escrita, com as palavras e com o artesanato. Ele tinha um padrão elevado e esperava que você o ultrapassasse. Ele deu uma chance a um escritor jovem e inexperiente, e eu serei eternamente grato por essa chance. "

John Wells fez mais que agradecer. Ele convidou seu velho mentor a participar da produção de "West Wing", que ele criou em 1999. Young se tornou consultor da atração política em 2003, e a partir do ano seguinte virou produtor executivo e ainda escreveu quatro episódios - um deles novamente indicado ao WGA Awards.

Young também escreveu episódios da subestimada mas pioneira série sci-fi "VR.5" (1995-1997), sobre tecnologia virtual, além dos roteiros do filme indicado ao Oscar "O Testamento" (1983) e da cinebiografia "Romero" (1989), em que Raul Julia viveu um arcebispo salvadorenho, sem contar inúmeros telefilmes.

Seu trabalho televisivo mais recente foi como roteirista e co-produtor executivo de "Amigas para Sempre" (Firefly Lane), série lançada neste ano pela Netflix.

Ele também assinou vários livros - o último deles, sobre sua experiência em Hollywood, ainda está inédito e só será publicado em 2022 - , ensinou a arte e o ofício da escrita em várias faculdades de prestígio, de Princeton à USC, e participou dos comitês do Humanitas Prize e da Writers Guild Foundation, a fundação do Sindicato dos Roteiristas.

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Publicidade
Publicidade