PUBLICIDADE

Gentleman, Diniz encantou famosas: Piovani, Bündchen, Cicarelli, Mott...

Famoso na alta sociedade, empresário será lembrado pelo amor às mulheres, ao esporte e sua dedicação a projetos sociais

1 ago 2022 - 07h50
Ver comentários
Publicidade

A morte por mal súbito de João Paulo Diniz gerou incredulidade geral. Triatleta, ele era a imagem da saúde. Não parecia ter 58 anos. Orgulhava-se da participação em dezenas de maratonas, muitas no exterior, e de apoiar eventos esportivos no Brasil. 

Era filho de Abílio Diniz, um dos homens mais ricos do País e apresentador do talk show ‘Olhares Brasileiros’ da CNN Brasil. Formado em Administração de Empresas, o empresário trabalhou na empresa da família, fundadora do Grupo Pão de Açúcar. 

Depois investiu em seus próprios empreendimentos, como a Forneria San Paolo, restaurante badalado no luxuoso Shopping JK Iguatemi, na capital paulista. Ciclista, às vezes ia trabalhar pedalando na ciclovia da Avenida Faria Lima. 

Sua última aparição pública foi no dia 26 de julho, no jantar de lançamento da SIGA Latin America, uma organização que atua pela transparência na gestão do esporte, com apoio do Pacto pelo Esporte, grupo que era presidido por João Paulo, com 40 empresas patrocinadoras do esporte brasileiro. 

Ele dedicava seu tempo e fazia doações a projetos sociais, como a Escolinha de Triathlon, onde crianças carentes treinam, e às ações do Instituto Península, organização em prol da educação do clã Diniz.

João Paulo Diniz deixa um legado de apoio ao esporte
João Paulo Diniz deixa um legado de apoio ao esporte
Foto: Reproduções

Apesar de não ser artista, era famoso. Sua chegada em eventos sociais sempre atraía a atenção de fotógrafos e repórteres. Uma figura constante nas colunas sociais. Concedia entrevistas a programas de TV, como o de Amaury Jr. 

Belo e inteligente, rico de berço e bem-sucedido pelo próprio esforço, João Paulo Diniz também gerava manchetes por sua vida amorosa, apesar de ser um homem discreto. Entre namoros longos e curtos, teve a companhia de Luana Piovani, Gisele Bündchen, Daniella Cicarelli e Caroline Bittencourt (esta, vítima de afogamento em 2019). 

Relacionou-se também com a modelo Fernanda Vogel, morta em acidente de helicóptero no litoral paulista, em 2001. O empresário sobreviveu ao desastre nadando 2 km até a praia. 

João Paulo foi casado com a modelo Paula Mott, com quem teve dois filhos. Do casamento atual, com Ana Garcia, se tornou pai de outras duas crianças. 

De acordo com a GloboNews, ele morreu após fazer uma corrida na área do condomínio onde tinha casa, em Paraty, litoral fluminense. Vários famosos se manifestaram nas redes sociais. Entre eles, Luciano Huck. 

“A vida é um sopro. Hoje perdi um dos meus amigos mais queridos de uma vida toda. Vá em paz querido. Por aqui vai ficar uma enorme saudade. E nos seus filhos vamos sempre enxergar você”, postou o apresentador nos Stories do Instagram. 
 

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
Publicidade
Publicidade