PUBLICIDADE

Erika Januza desabafa sobre pressão estética: 'Infeliz'

A atriz e modelo Erika Januza, Rainha de Bateria da Escola de Samba Unidos do Viradouro fez uma forte crítica à 'ditadura da beleza'

11 fev 2024 - 12h37
Compartilhar
Exibir comentários

A atriz e modelo Erika Januza, Rainha de Bateria da Escola de Samba Unidos do Viradouro fez uma forte crítica à "ditadura da beleza". Aos 38 anos, ela contou que não se deixa abalar.

Erika Januza
Erika Januza
Foto: Globo / Divulgação / Márcia Piovesan

Em entrevista à CARAS Brasil, ela revelou como cuida de seu corpo: "Me alimento melhor, procuro meu médico, Dr. Mitraud, para fazer um bom check-up, para saber como está a saúde, e me dedico mais a malhação. Mas o principal preparo para mim é ensaiar com minha escola, minha bateria".

E continuou: "O samba é um cardio poderoso. E estar junto nessa preparação só me traz benefícios. Tem ainda o aprimoramento do fôlego, essencial para atravessar bem a Sapucaí e a maratona de ensaios".

Ditadura da beleza

Sobre os padrões de beleza impostos pela sociedade, ela disparou: "Nem me deixo afetar. Tenho acompanhado esse infeliz movimento. As pessoas gastam muito seu tempo como juízes da vida alheia. Ter sua opinião é válido, mas diminuir os outros não", finalizou.

Márcia Piovesan
Compartilhar
Publicidade
Publicidade