PUBLICIDADE

'Edna é vítima': advogados de empregada acusada de furto por Paula Lavigne expõem 'métodos pouco democráticos e gravíssimos'

Paula Lavigne acusou empregada de furto, enquanto equipe de Edna afirma que empresária usou métodos questionáveis durante o caso. Entenda!

27 mai 2024 - 19h57
Compartilhar
Exibir comentários
Paula Lavigne e ex-empegada Edna entram em briga judicial.
Paula Lavigne e ex-empegada Edna entram em briga judicial.
Foto: Reprodução, Redes Sociais / Purepeople

Polêmica envolvendo Paula Lavigne e sua ex-funcionária, Edna, está longe de terminar. A revista Veja revelou que a governanta foi demitida por justa causa no último dia 6 por justa causa após ser acusada pela empresário de furto. Agora, Edna estaria pedindo cerca de R$ 2,6 milhões em direitos trabalhistas que ela alega não ter recebido.

Paula Lavigne se manifestou sobre a polêmica, assim como os advogados de Edna. A defesa da empregada revelou que ela não realizou os furtos e ainda fez denúncia grave contra a mulher de Caetano Veloso . Entenda!

'Métodos pouco democráticos'
A equipe de Edna divulgou um comunicado falando sobre a polêmica envolvendo a cliente e Paula Lavigne. No documento, a defesa revela que Edna sofreu abusos ao trabalhar na casa de Paula Lavigne e Caetano Veloso. " Durante os 22 anos em que trabalhou na residência do casal, Edna foi submetida a um padrão sistemático de abusos psicológicos e morais, fatos que ainda serão levados ao conhecimento do judiciário trabalhista em momento oportuno", afirma a nota assinada pelos advogados Christiano Mourão, Gabriella Ventura e Claudio Virgulino.
O documento diz ainda que Edna não realizou os furtos que foi acusada de cometer e afirma que Paula Lavigne teve má conduta na hora de 'investigar' seus funcionários. " Paula Lavigne iniciou uma investigação privada para apurar responsabilidades sobre o sumiço de uma quantia em dólares de sua casa. Para isso, valeu-se de métodos pouco democráticos e gravíssimos para inquirir funci...

Veja mais

Matérias relacionadas

Paula Lavigne se pronuncia após acusar a ex-empregada de furto e ser alvo de processo milionário: 'Fatos muito graves'

Empregada que processa Caetano Veloso e Paula Lavigne esteve envolvida em momento constrangedor com a empresária na TV

Luciano Huck e Déa Lúcia são acusados de armação após mãe de Paulo Gustavo expor doação milionária do apresentador

'Tio Paulo': testemunha dá CRUCIAL relato e pode reforçar tese de acusada saber que levou idoso já morto ao banco

Caso 'tio Paulo' tem nova ATUALIZAÇÃO importante após presa ser acusada de terceiro crime contra idoso morto em banco

Purepeople
Compartilhar
Publicidade
Publicidade