2 eventos ao vivo

"Claro que me abalou", diz Marina Ruy Barbosa de José Loreto

Atriz foi apontada como suposto pivô de separação entre o ator e Débora Nascimento em fevereiro deste ano, o que foi negado

15 abr 2019
15h52
atualizado às 15h58
  • separator
  • 0
  • comentários

A atriz Marina Ruy Barbosa falou sobre o fato de ter seu nome envolvido como suposto pivô de uma traição na polêmica separação entre José Loreto e Débora Nascimento em entrevista ao jornalista Leo Dias publicada nesta segunda-feira, 15.

José Loreto e Marina Ruy Barbosa como Júnior e Luz em cena de 'O Sétimo Guardião'.
José Loreto e Marina Ruy Barbosa como Júnior e Luz em cena de 'O Sétimo Guardião'.
Foto: Reprodução de 'O Sétimo Guardião' (2019) / Globo / Estadão Conteúdo

"Claro que me abalou. Mas eu dei minha declaração imediatamente, deixando claro que não tinha nenhum envolvimento com ele. Ele deu a dele falando que não houve traição e pediu respeito. Enfim, cada um fala e se posiciona da forma que acha que deve."

"Só posso me responsabilizar pelos meus atos. O que os outros fazem não é uma questão minha. Não pode ser. É assim que eu lido com isso", continuou.

Sobre possíveis atritos que teria tido com outras artistas, como por exemplo Giovanna Ewbank, afirmou: "Não tenho nada contra ninguém".

"Tento evitar confusão, não gosto. Quero apenas fazer o meu trabalho sem prejudicar ninguém, sem passar por cima de ninguém. Fico na minha", acrescentou.

Marina ainda afirmou que não se considera uma "vítima" da situação: "Vítima é uma palavra muito ruim e eu não gosto de me colocar nessa posição. A gente vive numa sociedade machista e que tende a colocar as mulheres como vilãs, sempre. Eu acho que essa não é a melhor forma de lidar com as situações".

A atriz também brincou sobre os boatos surgidos nas redes sociais à época: "Eu adoro Noronha e quero voltar logo pra lá. Mas nunca soube desse 'surubão' aí".

Veja também:

 

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade