0

Christina Perri lamenta morte da filha recém-nascida

A cantora, que estava internada há duas semanas por complicações na gravidez, já tinha sofrido um aborto espontâneo no último mês de janeiro

25 nov 2020
14h58
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Christina Perri estava no terceiro trimestre de gestação
Christina Perri estava no terceiro trimestre de gestação
Foto: Instagram/ @christinaperri / Estadão

A cantora Christina Perri, de 34 anos, compartilhou um comunicado em suas redes sociais na madrugada desta quarta-feira, 25, para revelar que sua filha recém nascida morreu. A compositora foi internada há duas semanas devido a complicações na gravidez.

"Ontem à noite perdemos nossa filha, ela nasceu silenciosa depois de lutar tanto para chegar ao nosso mundo. Ela está em paz agora e viverá para sempre em nossos corações", escreveu ao lado de foto segurando a mão da bebê.

Paul Costabile, marido de Christina, também lamentou a perda na família. Além do mesmo texto, ele completou: "foram semanas muito pesadas, mas estamos muito gratos por todo o amor e orações de vocês".

Perri, que estava no terceiro trimestre da gestação, anunciou que sua família iria crescer em julho, depois de ter sofrido um aborto espontâneo em janeiro deste mesmo ano.

Depois do trauma, como forma de celebrar a gravidez, a cantora tinha feito um ensaio fotográfico, no início deste mês. "Eu nunca quis fazer um ensaio de maternidade [...] mas depois de um aborto espontâneo em janeiro, tudo mudou para mim. Eu realmente sou grata por estar grávida e por ser mulher. Estou tão impressionada com o que nossos corpos podem fazer. Não sei se estarei grávida de novo, então, desta vez, vou homenagear minha gravidez, meu bebê e meu lindo corpo", disse ela.

Christina Perri é conhecida pela música A Thousand Years, trilha do filme Crepúsculo, e tem outra filha, Carmella, de 2 anos, também com Paul Costabile, com quem está casada desde 2017.

*Estagiária sob supervisão de Charlise Morais

Veja também:

Carla Perez é a rainha do Insta e podemos provar!
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade