PUBLICIDADE

Morre aos 77 anos o ator John Hurt

Lenda britânica sofria de câncer e complicações intestinais.

28 jan 2017 02h28
ver comentários
Publicidade

Sir John Hurt, lendário ator indicado ao Oscar por O Expresso da Meia-Noite e O Homem Elefante, morreu hoje, aos 77 anos. O artista britânico, que vencera uma luta contra o câncer no pâncreas em outubro de 2015, não resistiu a novas complicações no intestino.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema


O Homem Que Não Vendeu Sua Alma (1966)

"Estou radiante, estou empolgado. Tudo parece lindo para o futuro, é fantástico!", disse John Hurt à ocasião de sua alta, ano retrasado. Meses antes, sem cortesia, o ator admitiu um orgulho desmedido ao receber o título da cavalaria britânica, lamentando apenas que seus pais não estivessem vivos para presenciar tal honraria.


O Expresso da Meia-Noite (1968)

John Hurt despontou na carreira em O Homem Que Não Vendeu Sua Alma, ao lado de ninguém menos que Orson Welles e Robert Shaw. Ao longo das seis décadas seguintes, ele viria a demonstrar qualidade de atuação e dignidade tremendas nos mais variados papéis, fosse na adaptação de um clássico literário, como 1984, fosse como o Sr. Olivaras da saga Harry Potter.


O Homem Elefante (1980)

"Nada mal para um velho bêbado", diria John Hurt, recentemente, sobre sua carreira grandiosa — também em quantidade. Alien, o 8º Passageiro, Terra da Discórdia, Hellboy, A Proposta, V de Vingança, Melancolia, O Espião Que Sabia Demais e Doctor Who estão entre os seus impressionantes 205 créditos de atuação na TV e no cinema.


V de Vingança (2005)

Jackie, indicado a 3 Oscars, é um de seus últimos trabalhos. O filme estreia no Brasil na próxima semana, 2 de fevereiro.

AdoroCinema
Publicidade
Publicidade