0

Festival de Cannes 2018: Após banimento, Lars von Trier retornará ao evento com The House That Jack Built

Cineasta se tornou persona non grata em 2011 após declarar entender Hitler.

17 abr 2018
14h08
  • separator
  • comentários

Lars von Trier, banido do Festival de Cannes em 2011 por ter feito declarações nazistas na coletiva de imprensa de Melancolia, será recebido de volta no evento em 2018. A controversa, mas já aguardada, decisão de acolher a obra The House That Jack Built foi anunciada por Thierry Frémaux, diretor do festival.

Foto: Getty Images / AdoroCinema

"Pierre Lescure, presidente do Festival de Cannes, tem trabalhado duro nos últimos dias para remover o status de persona non grata que foi estabelecido há cinco anos, na crença de que era hora de abrir espaço novamente para ele como cineasta", disse Frémaux em entrevista à rádio Europe 1.

Suspense estrelado por Matt Dillon e Uma Thurman, a nova obra do polêmico diretor dinamarquês narra a história de um serial killer nos Estados Unidos da década de 1970. Fremaux praticamente confirmou que o filme irá integrar a seleção oficial, mas avisou que o evento fará um anúncio oficial nos próximos dias. O esperado é que o longa se junte às produções Fora de Competição e não concorra à Palma de Ouro, contudo, o site francês Wask, lançou um rumor de que Von Trier teria negado um espaço na mostra não competitiva

Escritora acusa Lars von Trier de forçar funcionárias a nadar nuas com ele

O anúncio vem meses após o cineasta ter sido acusado de assédio sexual por Björk durante as filmagens de Dançando no Escuro. A decisão deve levantar mais polêmica na 71ª edição do evento, que já não irá aceitar produções da Netflix na mostra competitiva.

Por fim, Frémaux também confirmou que Andrey Zvyagintsev (Leviatã), que competiu no Festival de Cannes 2017 com Sem Amor, será membro do júri deste ano, que será presidido pela atriz Cate Blanchett. A lista completa de jurados deve ser anunciada em breve, visto que o evento acontecerá na Promenade de la Croisette de 8 a 19 de maio.

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade