1 evento ao vivo

Fear the Walking Dead: Kim Dickens fala sobre a chocante mid-season finale

Série entregou respostas e confirmou uma teoria no último episódio da metade da quarta temporada.

11 jun 2018
16h10
  • separator
  • comentários

ATENÇÃO! Contém spoilers do episódio 8 da quarta temporada de Fear the Walking Dead.

Foto: AMC/Divulgação / AdoroCinema

Fear the Walking Dead chegou à midseason finale da quarta temporada e continou rompendo com tudo o que a série havia construído até então. Em uma virada de jogo surpreendente, a série matou a até então protagonista Madison Clarke (Kim Dickens), colocando um fim na especulação que vinha crescendo desde o início da temporada.

Madison é a segunda grande personagem que foi morta nesta temporada. O primeiro foi Nick (Frank Dillane), uma decisão criativa tomada graças a um pedido do próprio ator, que queria deixar a série. Mas a morte de Madison não foi a pedido de Dickens, e a atriz revelou em entrevista estar decepcionada com a decisão.

"Eles viram a minha decepção", disse ao The Hollywood Reporter. "Eles viram que eu discordei. Mas sempre foi uma conversa respeitosa. Houve algumas conversas, e elas sempre foram rodeadas de respeito e muito sentimento."

"Eu amei esta personagem, amei interpretá-la e amei a série", estendeu falando com a Entertainment Weekly. "E estou orgulhosa de ter sido uma líder empoderada de uma série de gênero. Normalmente elas são lideradas por personagens masculinos, e foi uma honra ter tido esta experiência de ser quem toma as decisões. E também não estou nos meus 20, ou nos meus 30. Ela era uma mãe também — uma mãe feroz, e foi uma honra minha.

Também achei que havia mais histórias a ser contadas [...] mas está nas mãos dos roteiristas e dos produtores."

Fear the Walking Dead se reinventa em busca de um novo público (Primeiras impressões da 4ª temporada)

Já sobre as reações apaixonadas do público, Dickens comentou:

"Eu amo todo este elenco [...] Sempre tivemos muitas personagens femininias fortes dentro deste elenco, e personagens complexos de ambos os sexos. Ser este tipo de líder... ela não era apenas uma mulher que era líder. Ela era muitas outras coisas. Era falha e completa e real e ressonante. Ela era uma líder que não estava buscando sobreviver dia após dia, mas salvar os filhos, um de cada vez neste mundo. Eventualmente, ela estava tentando criar um novo mundo, recomeçar, não apenas sobreviver."


O destino de Madison era um ponto de questionamento para os fãs da série desde o início da temporada. O quarto ano do spin-off veio se dividindo em dois momentos temporais, e Madison aparecia apenas nos flashbacks . A confirmação de sua morte justifica também as reações raivosas de Alicia (Alycia Debnam-Carey) no momento presente da trama.

Desde o início da temporada, Fear the Walking Dead vem passando por mudanças drásticas, que começaram justamente na mudança de direção, quando Ian Goldberg e Andrew Chambliss assumiram o posto de showrunners no lugar de Dave Ericksson. A dupla foi a responsável pela introdução de Morgan Jones (Lennie James) e pelos novos personagens, como Althea (Maggie Grace) e John (Garret Dillahunt). E de certa forma, a morte de Madison adianta algo semelhante que acontecerá na 9ª temporada de The Walking Dead, com a iminente despedida de Rick (Andrew Lincoln).

Fear the Walking Dead é exibida no Brasil pela AMC.

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade