0

Academia muda regras do Oscar de Melhor Filme Internacional

16 jan 2021
18h10
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Foto: Divulgação/AMPAS / Pipoca Moderna

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas anunciou uma nova mudança nas regras do Oscar na sexta-feira (15/1), desta vez focada na peneira dos candidatos à vaga de Melhor Filme Internacional.

Devido à pandemia, a organização cancelou as reuniões dos comitês especializados e, assim, precisou alterar a forma de definir os pré-selecionados.

Ao contrário de outras categorias do Oscar, a de longa-metragem internacional não tem um ramo específico na Academia, e profissionais de diferentes disciplinas (diretores, roteiristas, etc) podem votar em seus escolhidos. Originalmente, um grupo de voluntários de várias categorias era responsável por listar sete títulos, enquanto um grupo menor de cineastas, formado por especialistas em cinema estrangeiro, selecionava mais três, chegando ao total de dez títulos a serem considerados.

Este ano, porém, o comitê específico teve as atividades canceladas. Assim, apenas os voluntários do comitê mais amplo votarão nos finalistas.

Por conta disso, também houve mudanças na quantidade de filmes que passarão pela peneira inicial. Depois dos votos do comitê geral, em vez de anunciar 10 pré-selecionados, a Academia apresentará 15, que servirão como base para uma nova votação, que definirá os 5 indicados finais na categoria.

Vale lembrar que o candidato do Brasil é o documentário "Babenco: Alguém Tem que Ouvir o Coração e Dizer Parou", de Barbara Paz.

Veja também:

Confira o teaser de Isolado na Pandemia
Pipoca Moderna Pipoca Moderna
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade